terça-feira, 5 de novembro de 2013

Justiça Eleitoral cassa mandato de prefeito de Marabá

Do blog do Zé Dudu

João Salame está com seu mandato de prefeito de Marabá temporariamente cassado. A decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE/PA), saiu nesta terça-feira (5), quando o presidente do Tribunal, Leonardo de Noronha Tavares, votou com a relatora cassando Salame.

O prefeito, que ainda não foi notificado da decisão, encontra-se em Brasília, onde dará entrada em um efeito suspensivo. Até lá, assume a vaga o vice-prefeito, o petista, Luiz Carlos Pies.

Salame foi julgado por supostamente distribuir combustível a seus correligionários durante a campanha eleitoral de 2010, quando ele tentava a reeleição para o cargo de deputado estadual pelo PPS, seu ex-partido.

O julgamento do caso iniciou no último dia 11 de outubro, e o prefeito Salame pegou de cara uma derrota dos dois votos mais importantes: a relatora do processo, desembargadora Ezilda Pastana, e da revisora, desembargadora Eva de Amaral. 

Na mesma sessão foi pedido vistas do processo e este se adiou por três semanas, quando Salame recebeu dois votos favoráveis. Ai foi a vez do presidente pedir vistas e só hoje decidir pela cassação de João Salame.Luis Carlos Pies (PT), que assume a vaga de Salame, enviou a seguinte nota :

“Lamentamos a equivocada decisão do TRE-PA. Manifestamos nossa solidariedade e fidelidade ao companheiro João Salame. Esperamos contar com o apoio de toda a equipe de governo, dos vereadores e da sociedade marabaense para mantermos todas as ações governamentais, tal qual planejadas, no decorrer das horas e dias em que o prefeito deverá ficar afastado. Precisamos estar mais unidos do que nunca. Contamos com você!”.

Internet

Vários correligionários do prefeito João Salame já organizam, via internet, uma manifestação de apoio ao prefeito afastado.

Nenhum comentário: