segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Maluf é condenado e fica inelegível por cinco anos

Paulo Maluf

Deputado foi condenado por superfaturamento em obras quando foi prefeito da cidade de São Paulo, na década de 90; cabe recurso da decisão

Paulo Maluf (Monica Zarattini/AE)
O Tribunal de Justiça de São Paulo manteve nesta segunda-feira a condenação contra o deputado Paulo Maluf por improbidade administrativa e superfaturamento de obras quando era prefeito de São Paulo. Ele já havia sido condenado em 1ª instância.

A corte determinou que Maluf terá de pagar multa no valor de 21 milhões reais por desvios na construção do Túnel Ayrton Senna. Além disso, ele perderá os direitos políticos por cinco anos. A defesa do ex-prefeito irá recorrer da decisão.

Nenhum comentário: