sábado, 22 de março de 2014

Avião desaparecido, saiba como estão as buscas hoje dia 22/03/2014

Perscrutando a Selva

PASSAGEIROS DA AGONIA - A BUSCA

Agradecimento ao amigo: Walter Azevedo Tertulino pelas informações direto de Jacareacanga.
Imagem alcançada junto ao Blog JK
DESAPARECIDOS EM AÇÃO
Atualizado... em 06h27' - O dia amanhece em Jacareacanga nublado, completamente fechado, com nuvens baixas, pouca visibilidade e ameaça de chuvas, talves por isso não haja movimentação no aeroporto.






Atualizado... em 07h36" - Equipes terrestres bem cedo sairam para as expedições de busca, entre essas a comandada pelo Chefe da Defesa Civil Zeca Cavalcante que irá atender uma informação de um ribeirinho que  teria visto o avião em voo baixo denotando problemas, sobre a localidade de Fortaleza

Atualizado... em 08h33" - Aparece o Astro-Rei sobre grande camada de nuvens  que paira sobre Jacareacanga. Não está facil!mas Deus está no comando

Atualizado... em 09h00' - Muita chuva se precipita e o teto é baixo para a região onde seria feito incursão de aviões de busca com prioridade  (Porto Belo e Fortaleza) locais  indicados por dois ribeirinhos que o avião desaparecido teria feito voos baixos denotando estar com problemas e desaparecendo em seguida. Equipes terrestre e fluviais às primeiras horas deste dia sairam da base em Jacareacanga e rumaram para essas paragens.

Atualizado... 09h53' Uma equipe via fluvial deslocou-se  à boca do Rio Crepori para pegar informações de garimpeiros localizado naquelas imediações que confirmam ter visto o avião em voo baixo e com sinais de problemas. Fortaleza, Porto Belo e Boca do Crepori estão localizados à margem direita do Rio Tapajós e são núcleos humano  que distam poucas horas um do outro e pode haver boas informações ja que pessoas desses tres locais dizem ter visto o avião voando baixo. Vai acontecer! se Deus quiser, e hoje!

Atualizado... 09h58' - Movimentação no aeroporto. Um avião e um Helicóptero, mesmo o tempo ainda estando nublado decolaram neste exato momento. A direção que seguiram foi para as bandas de Porto Belo, Fortaleza e Boca do Crepori. Será hoje!

Atualizado... 10h22' - Segundo informações de Itaituba o avião de prospecção que está baseado naquela cidade faz seu trabalho a quase 20.000 pés de altura cerca de 6.000 metros, e deslocou-se para Altamira com a finalidade de fazerem a leitura dos dados coletados, se nada constatarem deverão fazer novo mapeamento na área. Além das fotos aéreas obtidas nos levantamentos aerofotogramétricos, utilizam-se imagens de radar e imagens de satélite, cujas cores são processadas para ressaltar características específicas das rochas expostas na superfície.
ou metais quando devida mente requeridos. A informação não é oficial.

Atualizado... 10h37' Sol pleno sobre a cidade dissipam algumas nuvens, preocupação que ainda não está bom o tempo pras bandas de onde concentram-se as buscas (Porto Belo, Fortaleza e Boca do Crepori) há formações de chuva com muitas nuvens para aquela direção.

Atualizado... 10h43' O avião e helicóptero de buscas que decolaram ainda não retornaram - O sol mostra-se pleno sobre a cidade.

Atualizado... 11h31" - Movimento de aviões no aeroporto. Tem que ser agora meu DEUS! saindo um pouco. Faz bom sol.

Atualizado... 12h00’ – Os aviões retornaram... para reabastecerem... Nem vestígios.

Atualizado... 12h05’ – O comando de busca e salvamento reclama de algumas declarações irresponsáveis segundo o Coordenador de Defesa Civil de Jacareacanga, de uma pessoa funcionário da Prefeitura, que foi entrevistada ontem, que dizia que ninguém irá achar  o avião e que somente o exercito teria essa aptidão;  acrescenta o Coordenador que a competência para buscas e salvamento do gênero é privativa do Salvaero que tem equipamentos e pessoal adequado para essas operações. De posse disso, mesmo não tendo assistido a declaração no mínimo desproposital dessa pessoa, concluo que se fosse para ser utilizado pessoal do exercito, o mais logico e pratico seria a utilização de indígenas que somam mais de 10 mil pessoas próximo a Jacareacanga e se constituem em povo da floresta e conhecedores como ninguém da vida no mato, e se convidados estariam sempre à disposição. Diversos indígenas ja constam nas equipes de buscas.

Atualizado... 12h53 - O Comando de Operações, com informações do Chefe da Defesa Civil, aguarda relatorio da Vivo e Tim para fazer as buscas necessárias atraves da localização do Celular que emitiu as mensagens,  ja que o juiz quebrou o sigilo de comunicação da passageira que  enviou mensagem ao tio.

Atualizado... 13h02' - As horas se passam e o pessoal de busca, não especializados que não são do Salvaero, começam a quebrar relações de amizades, um querer saber mais que o outro, há acusações, desentendimentos, vivemos momentos delicados todos nervosos, entendo o estado emocional de cada um, entendo que todos sofrem com o ocorrido, todos querem mostrar seu maior esforço e encontrar de vez a aeronave e os passageiros com vida. Precisa brigar?

Atualizado... 13h10' - Neste horário e momento faz sol em Jacareacanga, muito sol mesmo, será hoje! tem que ser hoje em nome de Jesus!!!

Atualizado... 14h15' - Aviões monomotores até contrariando orientação da FAB fazem voo à procura do avião desaparecido, entre esses aviões estão os comandados pelos pilotos Noco, Dario, Kleverson, Thiago e Kilme.

Atualizado...  14h25' - Fui informado pelo Chefe da Defesa Civil local que ocorre neste momento em uma das salas do SIVAM (sistema de Vigilância da Amazonia) desta cidade uma reunião para avaliação dos últimos trabalhos desenvolvidos, pelo trabalho de busca e salvamento e analise de um contato telefônico, feito por uma pessoa de terra para a moça que mandou a mensagem para o tio, e em tal ligação o telefone de Railini  atendeu e o que ouviu-se foi apenas gritos de desespero e um grande barulho confessa Zeca Cavalcante.

Atualizado... 14h42' -  Informações colhida de um perito criminal do IML que encontra-se em Jacareacanga diz que todas as localidades especificas como São Sebastião, Fortaleza, Porto Belo, Boca do Crepori,  que moradores, pescadores, coletores, ribeirinhos sinalizaram  que o avião teria passado em baixa altitude com indícios que iria cair foram vasculhadas e nada encontrado.  

Atualizado... 14h50' -  A família Borges do Vale, que tem como irmãos os pilotos, Noco, Kilme, o sobrinho Kleverson e que ja perdeu dois irmãos (Mamá e Clodson) em desastre de avião, estão completamente integrados na busca. Agora neste horário estão decolando para sobrevoarem parte da terra indígena Sai Cinza, nas regiões de Kadiriri, Kabitutu, Mutum, Tropas e Pacu. - Faz sol em Jacareacanga, as nuvens se dissipam.

Atualizado... 15h40' - Faz bom sol em Jacareacanga apesar de algumas nuvens carregas. Movimentação no aeroporto. helicóptero decola neste instante e momento, presumindo-se que para o interior da Terra Indígena Sai Cinza, pelo rumo que tomou. Os comandantes Noco, Kleverson e Kilme do Vale ja estão nessa rota esquadrinhando a região em atividade de busca. -Teria que ser hoje meu DEUS!

Atualizado... 16h18" - Helicoptero decola conduzindo alem da tripulação um ribeirinho que afirma ter visto o avião cair entre a localidade de Fazendeiro e Boca do Limão. Deverá ser utilizado rapel para se conferir a veracidade da informação ja que  a área especifica apresenta caídas de arvores que foram derrubadas pelo vendaval.

Atualizado... 16h52"  Chuva forte sobre Jacareacanga antecipa o retorno do Comandante Noco e equipe que foram vasculhar as regiões do Kadiriri, Kabitutu, Mutum, Pacu, e Rio das Tropas
As equipes de buscas que fazem parte da operação de resgate do avião bimotor que desapareceu após decolar de Itaituba na última terça-feira (18), no oeste do Pará, investigam a possibilidade do avião estar perto de uma área de garimpo localizada próximo ao município de Jacareacanga. Segundo o delegado Lucivelton Santos, a comunidade teria avistado a aeronave enquanto ela sobrevoava a região (veja vídeo acima). Após a confirmação da localização exata do garimpo, as equipes de salvamento devem traçar um raio de busca de 20 quilômetros.
Este é o quarto dia da operação que tenta localizar o avião e seus cinco passageiros. Até o momento, as equipes de salvamento já percorreram uma área de mata fechada maior que a cidade de São Paulo. Segundo a Fab, a extensão vasculhada pelas aeronaves e pelos 60 voluntários em terra chega a 1.600 quilômetros quadrados, por isso o foco das buscas mudou nesta sexta-feira (21).
"Todas as informações são checadas, são averiguadas. Estamos no momento aguardando um posicionamento para sair para uma região de garimpo. Vamos neste local", disse o delegado Santos, da polícia de Itaituba. Segundo ele, outra possibilidade para encontrar os desaparecidos é através de sinais de celular. "Nós estamos trabalhando em cima desta linha de investigação para tentar localizar o aparelho e, obviamente, os passageiros e a aeronave".
A filha do piloto Luis Feltrin, Jéssica Feltrin, era sócia do pai na companhia de táxi aéreo Jotan, dona da aeronave desaparecida. Ela conta que tem esperança em localizar os ocupantes da aeronave através dos celulares, já que uma das passageiras conseguiu enviar um SMS para o tio antes do avião desaparecer. "Isso (o sms) dá mais um ânimo. Também tentamos ligar no celular dele (o piloto). Chamou três vezes e não atendeu. Depois deu fora de área", recorda.
Segundo Jéssica, Feltrin era um piloto experiente e, mesmo que o avião tenha caído, os ocupantes tem acesso a equipamentos adequados para o local. "Meu pai voa nesta região há 30 anos. A aeronave tem dois anos e meio, está com a manutenção em dia e toda equipada, com kit de sobrevivência, colete, tudo", explica.
Jéssica, que acompanha o trabalho das equipes em Jacareacanga, está preocupada com os desaparecidos, mas acredita que todos possam ser encontrados e resgatados. "Tudo o que possa ser feito, está sendo feito", disse.
Entenda o caso
O avião de pequeno porte que transportava uma equipe de profissionais da Secretaria Especial de Saúde Indigena (Sesai) até uma aldeia indígena de Jacareacanga, no sudoeste do Pará desapareceu na última terça-feira (18). Aeronaves de Manaus e Campo Grande estão ajudando nos trabalhos de localização do bimotor, modelo Beechcraft BE 58 Baron.

De acordo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a situação da aeronave desaparecida, de matrícula PR-LMN, estava regular. A Inspeção Anual de Manutenção (IAM) e o Certificado de Aeronavegabilidade (CA) estavam em dia.
Reações:

0 comentários: