sábado, 8 de novembro de 2014

Atrasada do Enem ganha bolsa de estudo após entrar em desespero

Foto: Guilherme Pinto / Agência O Globo
Amanda Alli, de 19 anos, fez de tudo para chegar a tempo e fazer as provas do Enem neste sábado. Pediu até uma carona para um motociclista. Mesmo com todo o esforço, chegou atrasada e adiou seu sonho de conseguir um boa média para entrar em curso de jornalismo, como pretendia. A situação fez com que Amanda entrasse em pânico e chorasse sem parar em frente aos portões da Uerj.
Assistindo à cena e sensibilizado com o desespero da estudante, o coordenador do curso pré-vestibular Tamandaré, Álvaro Barreto, ofereceu uma bolsa de estudo para Amanda. Álvaro acolheu a jovem em uma barraca do curso Tamandaré montada nas proximidades do local e fez o convite.
— Ficamos sensibilizados com a situação da Amanda. Decidimos oferecer uma bolsa de estudo pra ela não desistir de seu sonho e se sentir mais preparada no ano que vem — ressalta Álvaro Barreto.
A jovem estudante ficou mais calma e afirmou que vai fazer o curso, precisamente na unidade do no Méier, bairro da Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro, mais próximo de sua casa.

Ministro da Educação comenta o primeiro dia de provas do Enem 2014

65 inscritos foram eliminados neste sábado por uso indevido de telefones celulares.
65 inscritos foram eliminados neste sábado por uso indevido de telefones celulares. Foto: Guilherme Pinto / Agência O Globo
Neste sábado (08/11), mais de 8,5 milhões de pessoas enfrentaram as provas do primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 1.752 municípios do Brasil.
Em nota divulgada pelo Inep, o ministro da Educação, Henrique Paim, comentou que as atividades do primeiro dia transcorreram dentro do esperado.
"O Ministério da Educação e o Inep estão atentos à aplicação do exame. Agradecemos a todos os parceiros e desejamos uma boa prova a todos neste domingo", afirmou.
O ministro também lamentou o falecimento da participante Edivania Florinda de Assis na escola em que realizaria a prova, em Olinda (PE).
Conforme dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 65 inscritos foram eliminados neste sábado, por uso indevido de telefones celulares.
No domingo (09//11), os candidatos voltam aos seus locais de prova para o segundo dia de Enem 2014. Serão 90 questões de linguagens e códigos, matemática, além da prova de redação. O tempo mínimo para o candidato permanecer em sala é de duas horas. O exame termina às 18h30. Somente meia hora antes do término o estudante pode sair do local com o caderno de questões em mãos.
Vale lembrar que os portões serão abertos às 12 horas (horário de Brasília) nos locais de prova e serão fechados às 13 horas. Os participantes devem levar documento de identificação original com foto, cartão de confirmação da inscrição e caneta esferográfica preta em material transparente.

Nenhum comentário: