quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Falta d´água revolta moradores que interditam rodovia a mais de tres dias em Miritituba.

Interdição Transamazônica Miritituba Itaituba Falta Água (Foto: Reprodução/TV Liberal)

Interdição de trecho da Transamazônica entra no terceiro dia

Comunidade bloqueia BR-230 desde a última terça-feira, 2.
Prefeitura diz que comprou bomba d´água para resolver o problema.

O trecho urbano da rodovia Transamazônica em Itaituba, no sudoeste do Pará, segue interditado pelo terceiro dia por manifestantes nesta quinta-feira (4). O grupo chegou a retirar as barreiras das pistas para o tráfego de veículos ao meio-dia, mas em seguida tornou a manter o bloqueio, e deverá liberá-las rapidamente a cada seis horas.
A rodovia BR-230 foi interditada na terça-feira (2) em protesto pela falta de água na localidade há mais de 10 dias. Manifestantes chegaram a se reunir com representantes da prefeitura do município  e vereadores, e liberaram parte da rodovia ainda na terça, porém, sem a resolução do problema, o grupo voltou a fechar a via. A prefeitura informou que comprou uma bomba d´água para a estação que abastece Miritituba e que aguarda a chegada do equipamento para instalação.
“Todo esse transtorno é uma bomba de R$ 14 mil que até agora a prefeitura ainda não se manifestou. A população está aqui porque está sendo obrigada. Uma carrada de mil litros de água custa R$ 50 e a comunidade está pagando. Já há 12 dias isso. Quem aguenta?”, disse Etevaldo Nem, autônomo.
Um agricultor de Novo Progresso conseguiu passar pela barreira depois de esperar cinco horas na estrada, mas não sabia se conseguiria retornar da viagem. “Vontade chegar logo na cidade, mas ficamos parados aqui. Depois temos que voltar e não sabemos se vamos passar. Esse é o problema”, disse Vivaldo Castanheira.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a bomba que enviava água para as casas queimou e não foi trocada, prejudicando mais de 4 mil moradores. O congestionamento chegou a 3 quilômetros, e mais de 200 caminhõees e carros ficaram parados na Transamazônica.
A prefeitura de Itaituba informou que uma bomba d´água que foi comprada em Belém chega nesta quinta na cidade  e que uma outra comprada em São Paulo só deve chegar em 12 dias.
Reações:

0 comentários: