segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Cinegrafista da TV Tapajoara (SBT) é atingido em acidente na Transamazônica

Dioney "Billy" Alves em ação no
 Tabuleiro de Monte Cristo (Arquivo Tapajoara)

Por Mauro Torres

Cinegrafista foi arremessado a três metros de distância; teve muita sorte e sofreu apenas ferimentos leves >>> Era por volta das 21h de domingo (08), quando a equipe de externa da Rádio e TV Tapajoara (SBT-Itaituba) e deslocou até a rodovia Transamazônica (BR-230) para cobrir um acidente que acabava de fazer duas vítimas à altura do Km 02, em frente ao Auto Posto Dado. Um dos envolvidos ainda agonizava no chão. O taxista, que dirigia o carro que foi atingido pela moto, contou que estava retornando para o seu ponto quando observou a aproximação de duas motos. Ele deixou as motos passarem, mas foi surpreendido por uma terceira, que estava com o farol apagado. Sem condições de frear, o piloto da moto bateu de frente com o carro. Enquanto populares acionavam os socorristas do Corpo de Bombeiros, dois outros homens que também estavam de moto a aparentavam estar embriagados, acabaram se chocando contra o mesmo carro.

Foto: Arquivo Pessoal
Mas o fato inesperado veio em seguida. Enquanto preparava o equipamento para fazer a reportagem, o cinegrafista Dioney "Billy" Alves foi surpreendido pelo choque. Um veículo desgovernado atingiu em cheio a traseira do nosso carro. O cinegrafista foi arremessado a uma distância de quase cinco metros e ficou jogado dentro de uma vala. Homens do Corpo de Bombeiros chegaram para prestar atendimento, mas, por sorte, Dioney não se machucou com gravidade. Foi tudo muito rápido, e nem mesmo o próprio cinegrafista consegue explicar o que aconteceu. Já o repórter Mauro Torres, que estava em companhia de Dioney, contou que ambos saíram do carro e ele (Mauro) aguardava enquanto Dioney apanhava o equipamento. “Foi quando eu vi o carro se aproximando em alta velocidade e com os freios acionados. Os pneus arrastaram por vários metros e ainda atingiu a traseira do carro de reportagem com muita violência”, resumiu. Ao ser atingido, o carro de reportagem foi empurrado para a direita atingindo o cinegrafista, que foi arremessado. O carro ficou a mais de doze metros do local onde estava antes de ser atingido.

A parte traseira do carro de reportagem ficou amassada, mas é pela frente do outro carro que se tem uma dimensão da violência da batida. O motorista, Ítalo Mendes Nazaré, de 30 anos de idade, foi conduzido à Seccional de Polícia para prestar esclarecimentos. Ele disse que não conseguiu evitar a batida, e também admitiu que havia consumido bebida alcoólica.
Reações:

0 comentários: