segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Motorista embriagado mata motociclista na BR-163

Tarcísio Coelho Rego foi preso em flagrante
Um motorista de 24 anos, completamente embriagado, provocou um grave acidente no quilômetro 11 da rodovia Santarém/Cuiabá (BR-163), na manhã desta segunda-feira (9). O acidente ocorreu há poucos metros do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A vítima, Odail Nogueira, que completaria 40 anos no próximo dia 25, estava em uma motocicleta, modelo Bros, placas ODM 6569, retornava em direção à cidade, quando foi atingido violentamente por um veículo, modelo Voyage, conduzido por Tarcísio Coelho Rêgo, que teria dormido ao volante e avançado a pista em direção ao motociclista, que teve morte instantânea.

Segundo testemunhas, o Voyage, antes de atingir o motociclista, teria derrapado na pista e atingido outros dois veículos: um Fiat Uno e uma pampa.
Otail morreu na hora

O advogado Washington Lima Corrêa, que estava no Fiat, contou que o motorista que provocou o acidente estava bêbado e dirigia em alta velocidade. Chovia bastante no momento do acidente. Agentes da PRF estiveram no local para levantar as causas do acidente e prendeu em flagrante Tarcísio Coelho. Levado para o posto da PRF, o rapaz falava palavras desconexas e perguntava como o acidente ocorreu.

Ele assumiu que estava bebendo em Santarém com amigos e retornava para sua casa, na comunidade do Cipoal. O teste de bafômetro comprovou alto teor alcóolico no motorista que causou a morte do motociclista.

Ainda segundo testemunhas, Odail Nogueira retornava de uma empresa, onde acabara de deixar um currículo. Ele estava desempregado.

Conduzido à 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil, Tarcísio Coelho Rêgo foi autuado em flagrante por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar. Porém, um advogado informou que neste caso cabe o indiciamento por homicídio doloso, já que ele assumiu o risco de produzir o acidente, já que estava embriagado.

Foi a segunda morte registrada em Santarém em três dias, onde um motorista bêbado provoca morte de forma irresponsável.

Na última sexta-feira (6), o mototaxista Gilberto Sousa Santana seguida em sua motocicleta pela avenida Sérgio Henn, no sentido centro em direção ao bairro Santo André, com um passageiro na garupa quando foi surpreendido por um carro, que trafegava pela contramão. O choque foi violento. Segundo a polícia, o condutor do veículo que provocou o acidente estava com sinais de embriagues. Gilberto morreu na hora. O passageiro que estava sendo conduzido pelo mototaxista, Sebastião da Silva, sofreu uma fratura na perna esquerda e foi conduzido ao Pronto Socorro Municipal, onde recebeu atendimento médico.

Nenhum comentário: