terça-feira, 14 de abril de 2015

INDIOS MUNDURUKUS INTERDITAM ESTRADA DO BIS EM TRÊS PONTOS E NÃO ACEITAM DESCULPAS DA ADMINISTRAÇÃO

Cansados de esperar, os moradores da estrada do Bis, tendo a frente índios mundurukus interditaram o trafego na estrada Que serve como o principal corredor de empresas transportadoras que utilizam o porto da Reicom, Bertolinni e tantas outras alem de ser um elo de acesso ao 53º BIS. Há quatro meses atrás, ainda no ano passado, os indígenas e outras famílias que moram naquela estrada estiveram na Câmara de Vereadores  onde se reuniram com o Secretario de Infraestrutura, Daniel, quando reivindicaram o asfaltamento daquela estrada. 

Também neste encontro solicitaram que o município colocasse transporte escolar para os alunos que estudam na Escola Duque de Caxias, na Vila Militar e na Escola da Reicon. Naquele momento os moradores deram um prazo de três meses para que a administração municipal tomasse as providencias.

Se passaram quatro meses e nenhuma providencia foi tomada e conforme ficou acordado, no caso do município não cumprir as reivindicações, os moradores interditariam aquela estrada. Por outro lado, neste intervalo de quatro meses, o vereador Peninha apresentou uma proposta pedindo a gestora para reunir com os empresários que possuem negócios naquela região para juntos pavimentarem a estrada.
Peninha também aprovou na Câmara um requerimento solicitando da Secretária de Educação Usalda Miranda o deslocamento de um micro ônibus para transportar os alunos da Praia do Índio para a Escola da Reicon e para a Escola Duque de Caxias, na Vila Militar. Até hoje o município não atendeu estas reivindicações. A greve é por tempo indeterminado e os manifestantes querem a presença da prefeita de Itaituba, Eliene Nunes para conversar.
Reações:

0 comentários: