segunda-feira, 1 de junho de 2015

Peritos devem ajudar a esclarecer as causas do acidente que matou três operários sábado na usina de Belo Monte.

Peritos devem explicar causa de acidente em silo (Foto: )Peritos devem explicar causa de acidente em silo

Peritos devem ajudar a esclarecer as causas do acidente que matou três operários sábado na usina de Belo Monte. Os corpos foram encontrados pelo Corpo de Bombeiros de Altamira (PA) no início da noite do mesmo e sábado, de acordo com o Consórcio Construtor Belo Monte, responsável pelas obras.

Os ajudantes de produção Denivaldo Soares Aguiar, José da Conceição Ferreira da Silva e Pedro Henrique dos Santos Silva estavam desaparecidos desde as 2h da manhã deste sábado (30), quando um silo de concreto desabou na área industrial da obra.
Outros três funcionários foram atingidos no desabamento e atendidos no local. Dois tinham ferimentos leves e foram liberados. O terceiro fraturou o ombro. Segundo o consórcio, não há notícias de que outros funcionários possam estar soterrados e, por isso, as buscas foram encerradas.
Contratado pela Norte Energia, que venceu o leilão para construção da usina, o Consórcio Construtor de Belo Monte é formado por dez empreiteiras. As que possuem maior participação são: Andrade Gutierrez (18%), Odebrecht (16%), Camargo Corrêa (16%), Queiroz Galvão (11,5%) e OAS (11,5%).
Todas as cinco companhias são investigadas na operação Lava Jato, que revelou um esquema de corrupção na Petrobras.

OPERÁRIOS
Os corpos dos operários Denivaldo Soares Aguiar e Pedro Henrique dos Santos Silva foram liberados ontem pelo Instituto Médico Legal (IML) de Altamira, no sudoeste paraense. O corpo do operário José da Conceição Ferreira da Silva foi liberado na noite de sábado.
As mortes aconteceram quando um dos silos da Central de Concreto, na Área Industrial do Sítio Belo Monte, desabou durante a operação de descarga de um caminhão, na madrugada de sábado. 
O Consórcio Construtor Belo Monte diz que vem colaborando com todos os esforços possíveis para esclarecer as causas do acidente, investigadas por peritos. 
As obras em Belo Monte começaram em 2011. A hidrelétrica deveria ter começado a produzir em fevereiro deste ano, mas só deve entregar energia a partir de 2016.
Quando estiver funcionando plenamente, deve ser a terceira maior hidrelétrica do mundo, atrás da chinesa Três Gargantas e de Itaipu. 
(Diário do Pará)
Reações:

0 comentários: