terça-feira, 4 de agosto de 2015

Morto por causa de celular Jovem abordado por assaltantes reage e leva um tiro na coluna; dupla foge de motocicleta, sem nada

Paulo Denis do Rosário Souza, de 24 anos, foi assassinado na manhã de ontem, por dois ocupantes de uma motocicleta que tentaram roubar o telefone celular dele, na rua Péricles Guedes, atrás do shopping Castanheira. A vítima correu sem entregar nenhum pertence e foi alvo de um tiro nas costas, bem no meio da coluna.

 O osso desviou o projétil, que atravessou o corpo e saiu pelo lado direito do peito. Informações obtidas pelo sargento Levi Pires, da Polícia Militar, apontam que os responsáveis pelo crime foram dois homens que estavam numa Honda CB 200.

 Ambos usavam capacete e eram negros e magros. O crime ocorreu às 10h15. A delegada Loyana Nogueira, da seccional da Marambaia, onde o latrocínio (homicídio com o objetivo de roubo) foi registrado, vai solicitar as imagens das câmeras de vigilância do supermercado Líder, que possivelmente captaram tudo. Nada foi levado de Paulo, já que os assaltantes chamaram muita atenção e fugiram antes que fossem pegos, deixando o telefone celular, cartão de banco e vale-transporte. Já baleado, o jovem ainda tentou resistir e se apoiou num tubo, que não suportou o peso e quebrou com ele. 

Paulo Denis do Rosário Souza morava em Icoaraci e um amigo tentava localizar a mãe dele depois de o corpo ser removido pelo Instituto Médico Legal (IML). Quem tiver informações sobre o crime pode repassá-las por meio do Disque-Denúncia (181) e colaborar com o trabalho da polícia. A ligação é gratuita e o denunciante não precisa se identificar.    

  Amazõnia Jornal

Nenhum comentário: