terça-feira, 1 de setembro de 2015

Secretária de Saúde foi a Câmara esclarecer sobre a UPA!

Secretária de Saúde na Câmara de Vereadores!
secretária municipal de saúde, Cleocy Portela de Aguiar atendendo ao convite da Camara de Vereadores de Itaituba que requereu sua presença para que a mesma prestasse esclarecimento sobre as obras e o funcionamento da UPA no município.
Cleocy teve 10 minutos na Tribuna do Parlamento municipal para falar sobre o assunto e começou falando que assumiu a secretaria em Novembro de 2013 e na época foi enviado um documento do Ministério da saúde dando prazo de inauguração da UPA, sendo que em 2013 a obra arquitetônica ainda não estava concluída.
Segundo a secretária a obra recebeu um montante de 2. Milhões de reais que seriam para construção e a compra de parte dos equipamentos da saúde. Mais com o passar do tempo o Ministerio achou por bem baixar uma outra portaria liberando um aditivo de 800.000,00 tendo em vista a demora e a defasagem dos recursos financeiros.
Em novembro do ano passado a secretária de saúde foi chamada para participar de uma reunião na cidade de Santarém com a representante do Min. Da Saúde para que naquele momento fosse estipulado um prazo para conclusão da obra tendo em vista que o prazo inicial de funcionamento já havia espirado.
Segundo Cleocy o recurso financeiro disponibilizado para construção das Upas é do Ministério do Planejamento mais quem fiscaliza é o Ministério da Saúde.
Equipe de Trabalho da Secretaria de Saúde de Itaituba
A obra foi concluída e já foi entregue ao município o que está faltando agora na verdade é receber o recurso da segunda Portaria do Ministério no valor de 800.000,00 para que seja feita a aquisição dos equipamentos.
A Secretária disse que por conta desse atraso na liberação do recurso não há como estipular um prazo para inauguração da unidade de pronto atendimento em Itaituba.

O que seria uma visita para tratar apenas da UPA se transformou na verdade em uma verdadeira sabatina, até que o Vereador Isaac interferiu para que fosse mantido o foco, mais em nenhum momento houve qualquer objeção da secretária para responder aos questionamentos.
Reações:

0 comentários: