sexta-feira, 22 de abril de 2016

Belo Monte inicia geração comercial de energia para o Brasil

As obras civis de Belo Monte estão praticamente concluídas e os trabalhos de montagem eletromecânica continuam no empreendimento.
A Usina Hidrelétrica Belo Monte iniciou a geração comercial de energia na quarta-feira (20/04), com a entrada da primeira máquina, que adiciona mais 611,11 MW no Sistema Interligado Nacional (SIN).
A operação comercial de Belo Monte, maior usina elétrica 100% nacional, teve início apenas 20 dias após a data prevista no Contrato de Concessão – 31 de março de 2016 -, um prazo recorde, principalmente se considerar as inúmeras interrupções das obras decorrentes de liminares da Justiça, invasões, ocupações e paralisações nos canteiros.
A primeira turbina a gerar energia comercialmente, no Sítio Belo Monte, está instalada na Casa de Força Principal do empreendimento. Lá, estão em fase de montagem outras 17 unidades geradoras, que serão concluídas e acionadas, gradativamente, até 2019. Também foram iniciados os testes para geração comercial da primeira turbina no Sítio Pimental, onde está o vertedouro e a barragem principal da usina. Na Casa de Força Complementar, serão seis turbinas do tipo bulbo, cada uma com potência de 38,8 MW.
As obras civis de Belo Monte estão praticamente concluídas e os trabalhos de montagem eletromecânica continuam no empreendimento. A previsão é que a cada dois meses, em média, seja ativada uma nova turbina até o pleno funcionamento da hidrelétrica, em 2019.
Belo Monte terá capacidade instalada de 11.233,1 MW, dos quais 11 mil  MW na Casa de Força Principal e 233,1 na Casa de Força Complementar. A usina gerará para as distribuidoras que compraram energia em leilão de 2010, atendendo assim 60 milhões de pessoas em 17 estados do Brasil.

RG 15 / O Impacto com informações de Norte Energia

Nenhum comentário: