quarta-feira, 4 de maio de 2016

Cálculos e Climafrio largam na frente

Robson Sobrinho Torcedor da Calculos
Na primeira rodada da 10ª Copa Ouro, as equipes Cálculos Contábeis e Climafrio venceram seus adversários, largando na frente.

O Climafrio goleou o Ultragás/Gato Preto por 7x0, como se realizasse um treino de luxo.
No começo, até que o Gato Preto ofereceu alguma resistência, defendendo-se com eficiência e criando algumas oportunidades de gol, mas, depois do primeiro gol, que saiu bem antes da metade do primeiro tempo, o jogo ficou muito fácil.

Como a vitória foi construída sem dificuldades, o técnico e jogador Sassá aproveitou para botar todo mundo para jogar, e até ele também entrou em quadra por alguns minutos.
Os gols da Climafrio foram marcados por Kiko (2), Filipinho (2), Jorginho, Max e William.
Eder, do Gato Preto, foi expulso próximo do final do jogo.
Apesar da goleada, os atletas do Gato Preto fizeram um jogo limpo, da mesma forma que os do Climafrio, dando pouco trabalho para a arbitragem.
Na partida de fundo aconteceu o primeiro clássico da competição entre Cálculos e Hay Fay.
Havia muita expectativa, porque o time do Cálculos já tinha deixado uma impressão bastante positiva no torneio de apresentação, enquanto o Hay Fay deixou sua torcida apreensiva, porque saiu-se muito mal contra o Trovão Azul, perdendo por 3x1.
Foi um jogo muito pegado, que exigiu muito dos árbitros Jailson Jr. e Alison Andrade, que precisaram usar toda sua experiência para evitar que perdessem o controle, pois houve momentos tensos.
Como havia demonstrado domingo, na abertura da Copa Ouro, o time do Cálculos confirmou já que tem um bom entrosamento, e mais do que isso, que tem jogadores muito bons, sendo um dos fortes candidatos ao título.
Já o Hay Fay, que teve as estreias de Dieguinho e Jobson, viveu mais do talento individual de alguns atletas, deixando a desejar no que diz respeito ao entrosamento.
Jobson não foi nem de longe o que dele a torcida laranja esperava, apesar de ter marcado um bonito gol.
Dieguinho ficou o tempo quase todo na quadra, sendo exigido em demasia pelo técnico Gustavo Nery.
O Cálculos venceu por 4x2, mas, apesar de ter sido superior, no final passou sufoco, porque o Hay Fay por pra cima, criando algumas situações claras de gol, que foram desperdiçadas pelos seus chutadores.
Quando faltava pouco mais de um final para o apito final, jogando como goleiro linha, Cassiá perdeu uma ótima chance de empatar o jogo.
O goleiro Labilá, do Cálculos, que é um dos melhores na posição na Copa Ouro, e que além disso, sai jogando muito bem com os pés, tem um chute forte e uma pontaria certeira, aproveitou que o gol do adversário estava desguarnecido, acertando no alvo e marcando o quarto gol, que liquidou a fatura.
Marcos Adriano, Sirley, Mancha e Labilá marcaram para o Cálculos, enquanto Jobson e Vitinho assinalaram para o Hay Fay.
A vitória foi justa, porque o Cálculos foi superior.
A arbitragem foi da dupla Jailson Jr. e Alison Andrade, com um público muito bom no ginásio, levando-se em conta que os clubes decidiram que nos clássicos o preço do ingresso sobe para R$ 10,00, adultos e R$ 5,00 a meia entrada.
Depois dos resultados de ontem, o time do Climafrio lidera com quatro pontos, em virtude do ponto extra conquistado no torneio de apresentação, vindo o Cálculos em segundo com três pontos.

Fonte: Jota Parente

Nenhum comentário: