sábado, 21 de maio de 2016

DROGA CONHECIDA COMO “DOCINHO” PREOCUPA PAIS E PROFESSOR


Uma droga sintética conhecida como “docinho” está se revelando um perigo nas proximidades e dentro de escolas, relatos em grupos de redes sociais dão conta que a droga está circulando na capital.
Nesta quarta-feira (18), esses mesmos relatos também começaram a circular através das redes sociais, alertando sobre o uso do entorpecente nas escolas de Belém e Ananindeua.
A mensagem afirma que pais e professores estão preocupados, devido à facilidade de acesso e aquisição.
O “docinho” é uma droga sintética similar ao LSD, frequentemente associado e vendido em festas eletrônicas, e dissolve debaixo da língua. O nome do entorpecente é devido ao formato de bombom e suas cores bastante vibrantes.
INVESTIGAÇÃO
De acordo com a Polícia Civil, até o momento, não existe nenhum procedimento ou investigação pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) sobre esta droga, se está ou não circulando nas escolas. Por outro lado, afirma que esse e outros tipos de entorpecentes são bastante distribuídos em festas.


Nenhum comentário: