Postagem em destaque

Helder deve ser julgado nesta quinta-feira pelo TRE

Ministro é acusado de abuso de uso indevido dos meios de comunicação O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB), dever...

terça-feira, 21 de junho de 2016

Morte de onça gera críticas e comoção na web

A estratatégia do Centro de Instruções de Guerra na Selva (Cigs), de utilizar uma onça durante o espetáculo referente à passagem da Tocha Olímpica por Manaus, e depois abatê-lo gerou muitas críticas.  Internautas utilizaram as redes sociais para comentar o caso:
Para o biólogo Adrian Barnett, especialista em mamíferos da Amazônia, em entrevista ao Portal Holanda, comentou que  a morte lamentável da onça Juma, foi causada por grande estresse gerado pelo fogo e pela multidão a que não estava acostumado o animal.
Em nota do Comando Militar da Amazônia (CMA) , que confirmou a morte de Juma por um tiro de pistola depois que ela se soltou e atacou um militar.
Segundo Adrian, o Cigs errou ao expor o animal silvestre ao fogo, à multidão e ao barulho. O veterinário Marcelo Peres concorda com o biólogo e observa que a onça é diferente, por exemplo do cachorro, que convive com o ser humano e não se importa com o barulho.
O Cigs já abriu processo administrativo para apurar o caso de Juma.
Após o caso, a tocha seguiu para o Acre

(DOL)
Reações:

0 comentários: