sexta-feira, 23 de setembro de 2016

PF deflagra nona etapa da Operação Acrônimo

Na manhã desta sexta-feira (23), a Polícia Federal deflagrou mais uma fase da Operação Acrônimo. Nesta nova etapa das investigações, o secretário de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais de Minas, Marco Antônio de Rezende Teixeira, é um dos alvos. A PF não informou ainda quantos mandados serão cumpridos.

A Operação Acrônimo investiga um esquema de lavagem de dinheiro em campanhas eleitorais e recebimento de vantagens indevidas por parte de agentes públicos. Dentre os investigados, há também um mandado de condução coercitiva para Paulo Moura Ramos, presidente da Prodemge e sócio de Teixeira.
Reações:

0 comentários: