Postagem em destaque

Helder deve ser julgado nesta quinta-feira pelo TRE

Ministro é acusado de abuso de uso indevido dos meios de comunicação O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB), dever...

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

INSS começa nova etapa do pente-fino de auxílio-doença

Serão convocados segurados que têm de 39 a 45 anos de idade.

O INSS enviará 150 mil cartas até o fim de outubro a beneficiários de auxílio-doença para fazer perícia, sendo que metade será na segunda etapa do pente fino para segurados com idade entre 39 e 45 anos que recebem o benefício há mais de dois anos. A outra leva foi para quem tem até 39 anos de idade. Na semana passada, o órgão começou a mandar cartas para os segurados de 39 a 45 anos de idade com benefícios concedidos há mais de dois anos. As informações são do Portal ‘O Dia’.
Segundo o presidente do INSS, Leonardo Gadelha, serão convocados 75.254 segurados nesta faixa etária no segundo lote do pente-fino. Cerca de 90% das 75 mil cartas do primeiro lote já foram enviadas a quem tem até 39 de idade e mais de 10 mil perícias médicas foram agendadas em todo o país.
Agendamento no Rio
No Rio, a Gerência-Executiva Norte do INSS encaminhou 419 cartas e registrou 208 agendamentos. Já a Gerência-Executiva Centro mandou 368 correspondências convocando segurados que recebem benefícios há mais de dois anos para fazer a revisão da perícia e têm até 39 anos de idade e que não fez exames no período.
Houve 127 agendamentos para os postos da gerência. Ao todo 4.078 segurados são alvo do pente-fino no estado e receberão as cartas em casa. Segundo Gadelha, a convocação dos segurados vai depender da capacidade de atendimento e da quantidade de peritos de cada gerência, mas a expectativa é que todas as 150 mil cartas sejam enviadas até o fim deste mês.
O resultado dessas perícias médicas vai sair um dia após a realização dos exames. O segurado que for convocado para a revisão do benefício concedido há mais de dois anos poderá conferir no dia seguinte o que o médico perito atestou ao ligar para a Central 135 ou entrar na internet no site www.inss.gov.br, e ir ao link “Consulta de situação de benefício”.
Os segurados convocados para fazer nova perícia podem agilizar o processo de revisão. Algumas medidas devem ser adotadas, como juntar atestados, laudos, exames e pedir ao médico relatório co-substanciado, vai evitar problemas. O pequeno dossiê precisa conter todo o histórico do tratamento do paciente e deve ser apresentado ao perito.
Agendamento das perícias deve ser feito pelo 135
Após receber a carta, os segurados do INSS terão cinco dias úteis para marcar a revisão do benefício. O agendamento deve ser feito exclusivamente pela Central 135.
No Rio, as perícias serão marcadas para os dias de semana nas agências do instituto. Em princípio não haverá mutirão nos fins de semana nos postos do INSS na cidade. Cerca de 60% dos peritos estão participando do pente-fino.
Neste primeiro momento, 4.078 segurados são alvo do pente-fino no estado e receberão correspondência em casa no estado. No total serão chamados 41.344 segurados no Estado do Rio e no país, cerca de 75 mil.
O pente-fino do INSS em benefícios por incapacidade vai convocar 530 mil beneficiários de auxílio-doença e 1,1 milhão de aposentados por invalidez em todo o país. A perícia para aposentados acontecerá em um segundo momento.
O INSS divulgará balanços mensais sobre o pente-fino. O primeiro deles será feito agora no fim de outubro.
Os aposentados por invalidez serão convocados por carta, assim como quem está afastado por auxílio-doença. Quem tem mais de 60 anos de idade não será chamado pela Previdência para fazer nova perícia.

(Com informações do Portal ‘O Dia’)
Reações:

0 comentários: