terça-feira, 22 de novembro de 2016

Juiz solta Paçoca, acusado de chefiar a quadrilha da Madeira Limpa

Um ano e três meses depois de preso na operação Madeira Limpa, executada pela Polícia Federal, Paulo Sérgio da Silva, o Paçoca [foto], foi colocado em liberdade por decisão da Justiça Federal.
Paçoca, solto ontem, 21, é apontado pelo MPF Ministério Público Federal como o chefe da organização criminosa que participava de um esquema milionário de comércio ilegal de madeira no oeste do Pará.
30 pessoas são acusadas de participar da quadrilha, entre os quais Luiz Bacelar Guerreiro Júnior, ex-titular da Superintendência Regional do Incra SR-30, com sede em Santarém.
Todos os 30 réus
Além de Paçoca, o juiz Érico Pinheiro, da 2ª Vara Federal em Santarém, determinou a soltura de André Luis da Silva Suleiman. Os dois eram os únicos acusados que ainda estavam presos. Neste link, confira a relação de todos os réus.


Reações:

0 comentários: