Postagem em destaque

Helder deve ser julgado nesta quinta-feira pelo TRE

Ministro é acusado de abuso de uso indevido dos meios de comunicação O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB), dever...

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Pará é alvo de operação contra pornografia infantil

Imagem Ilustrativa da Internet
O Pará é alvo de uma operação contra uma rede de distribuição de pornografia infantil na chamada “Deep Web”, a internet profunda, nesta terça-feira (22). A operação também é realizada em outros 15 Estados do país, onde são cumpridos 70 mandados de busca e apreensão e de prisão. Cerca de 300 policiais federais participam das ações da segunda fase da Operação Darknet.
No Pará foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão,  mas houve uma prisão em flagrante realizada no início da manhã de hoje. Na casa de um dos acusados, no bairro do Coqueiro, em Belém, foi encontrado um HD que continha fotos de crianças e adolescentes.  O acusado foi encaminhado para a sede da Polícia Federal, na Almirante Barroso.

A operação investiga a participação de 67 pessoas na troca e distribuição de fotos e vídeos com conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. Em três estados, a Polícia Federal antecipou o cumprimento de sete ordens judiciais para evitar o possível abuso sexual de crianças.

Desde a primeira fase da operação, a PF desenvolve metodologia de investigação e ferramentas para identificar usuários na “Deep Web”, apontada como um meio seguro de divulgação de conteúdos variados de forma anônima. A arquitetura desse ambiente impossibilita a identificação do ponto de acesso, o IP, ocultando o real usuário que acessa a rede. Poucas polícias no mundo obtiveram êxito em investigações na “Deep Web”, como o FBI, a Scotland Yard e a Polícia Federal Australiana.

Fonte: ORM News
Reações:

0 comentários: