Postagem em destaque

Helder deve ser julgado nesta quinta-feira pelo TRE

Ministro é acusado de abuso de uso indevido dos meios de comunicação O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB), dever...

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

PF desarticula grupo de extermínio formado por PMs

A Polícia Federal realizou na manhã desta sexta-feira (11) uma operação para desarticular um grupo de extermínio formado por policiais militares que atuava em Goiás.
Ao todo, 17 pessoas foram conduzidas coercitivamente para depor, incluindo o tenente-coronel Ricardo Rocha, comandante de policiamento da capital da Polícia Militar de Goiás. Também foram cumpridos 19 mandados de busca e apreensão nas cidades de Goiânia, Formosa e Alvorada do Norte, numa ação com a participação de 140 policiais.
A Polícia Federal investiga a morte de duas pessoas e o desaparecimento de outras duas, em 2010, que teriam relação com o suposto grupo de extermínio. A operação, batizada de "Sexto Mandamento", faz referência ao mandamento da Bíblia que diz "não matarás", está na segunda etapa.
A primeira fase foi realizada em 2011, após um ano de investigação que identificou uma "organização criminosa com alto poder de influência e de intimidação" formada por policiais militares de Goiás.
Segundo as investigações, policiais matavam as vítimas e simulavam confrontos entre ambos, registrando as mortes como "autos de resistência". Em outros casos, os cadáveres eram ocultados.
Parte dos extermínios eram feitos com uso de viaturas da polícia, "de maneira clandestina e sem qualquer motivação que legitimasse a ação policial", segundo a Polícia Federal. Na época, foram cumpridos 19 mandados de prisão preventiva e oito de prisão temporária. O inquérito tramita na Justiça Federal em Formosa.

(FolhaPress)
Reações:

0 comentários: