segunda-feira, 21 de novembro de 2016

PR expulsa Clarissa Garotinho, Filha de Garotinho.

POR ILIMAR FRANCO
A deputada Clarissa Garotinho foi expulsa do PR, na tarde desta segunda-feira (21/11). A Comissão Executiva do partido acatou parecer do Conselho de Ética da legenda que opinou pelo desligamento dela por ter votado contra a PEC do Teto. A deputada já foi comunicada sobre sua expulsão. (A carta de expulsão está publicada abaixo.)
O PR havia fechado questão pelo voto favorável ao texto prioritário para o governo Temer. A votação da PEC, que agora está no Senado, foi em 10 de outubro. Na ocasião, além de votar contra, a deputada fez um discurso na tribuna atacando a proposta. Como punição, ela já havia sido retirada pelo partido de comissões temáticas na Câmara.
A reunião ocorreu sobre o assunto ocorreu nesta tarde, poucos dias depois de o pai de Clarissa, o ex-governador Anthony Garotinho ser preso. A medida, que não é comum nos casos de infidelidade às deliberações dos partidos, pretende forçar o desligamento do ex-governador Anthony Garotinho. Ele é acusado de usar o programa social Cheque Cidadão para compra de votos na cidade em 2016. Sua prisão, no entanto, ocorre num clima de Lava-Jato.
"Senhora Deputada,
Venho por intermédio do presente dar ciência à V. Exa. que na data de 17/11/2016 a Comissão Executiva Nacional do Partido da República reuniu-se para deliberar sobre parecer aprovado pelo Conselho de Ética, nos autos da Representação nº 001/2016, na qual a V. Exa. figura como Representada.
Na oportunidade a Comissão Executiva Nacional do Partido da República deliberou de forma favorável ao parecer aprovado pelo Conselho de Ética que opinou pela expulsão de V. Exa. do quadro de filiados ao Partido da República.
Assim, nos termos do parecer citado e com fundamento no disposto nos artigos 45, inciso III c/c 48, inciso VI, § 10, inciso VII, VIII e X, todos do Estatuto do Partido da República e ainda nos artigos 4º, inciso II c/c 5º, incisos I, VIII, IX, XV, XVI c/c 7º, inciso III c/c 9º, inciso VI, NOTIFICAMOS V. Exa. que a partir desta data será promovido seu desligamento do quadro de filiados do Partido da República.
Atenciosamente,
Antonio Carlos Rodrigues

Presidente Nacional"

Nenhum comentário: