Postagem em destaque

Helder deve ser julgado nesta quinta-feira pelo TRE

Ministro é acusado de abuso de uso indevido dos meios de comunicação O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB), dever...

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Suspeito de matar sobrinha-neta de Sarney é preso

Principal suspeito pela morte da sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney Mariana Costa, 33, o empresário Lucas Porto teve a sua prisão preventiva decretada nesta segunda-feira (14).
A decisão foi tomada pela juíza Andrea Maia, que considerou que, por causa laço de parentesco com a vítima, havia risco de intimidação das testemunhas. Porto era cunhado de Mariana Costa, casado com a irmã mais velha da vítima. Ele foi preso em flagrante nesta segunda-feira (14) e encaminhado para o centro de triagem do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.
Em entrevista à imprensa nesta segunda-feira, o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jeferson Portela, afirmou que "todas as evidências indicam Lucas Porto como autor do crime". Porto nega que tenha matado a cunhada.
Segundo informações da polícia, a vítima foi encontrada no final da tarde de domingo (13) com sinais de asfixia. O laudo da perícia com a causa da morte ainda não foi concluído.
Câmaras de segurança do prédio mostram que Porto esteve três vezes no apartamento de Mariana na tarde em que ela foi morta. Na primeira vez, ele foi deixar a vítima e as filhas em casa após uma confraternização.
Pouco tempo depois, ele retornou ao local, passou cerca de uma hora e saiu apressado pelas escadas. No hall do prédio, fez uma ligação do seu telefone celular. Porto retornou ao apartamento ainda uma terceira vez, após ser informado por familiares da morte de Mariana, vestindo outra roupa.
A polícia informou que ele tinha marcas de arranhões no pulso, no peito e no rosto no momento em que foi detido. A ligação feita no hall de entrada do prédio havia sido apagada de seu telefone.
Mariana Costa era publicitária e filha do ex-deputado estadual Sarney Neto. Seu corpo foi enterrado na tarde desta segunda-feira no cemitério Parque da Saudade, na capital maranhense.

(Folhapress)
Reações:

0 comentários: