terça-feira, 6 de dezembro de 2016

STF afasta Renan da presidência do Senado e Jorge Viana (PT) vai assumir

Presidente do Senado foi afastado porque passou a ser réu em processo.
Decisão do Supremo preocupa governo, já que há votações importantes.

O senador Renan Calheiros recusou, na segunda-feira (5), mas disse que vai receber, na manhã desta terça (6), a notificação que trata da decisão do Supremo de afastá-lo da presidência do Senado. Ele será substituído pelo petista Jorge Viana.
Essa decisão de afastamento preocupa o governo porque vêm pela frente votações importantes, como a que limita os gastos públicos. Tudo o que o governo não quer agora é uma reviravolta nessas votações, e o risco maior é esse.
O governo não quer nem ouvir falar nisso. A votação mais importante é a que limita os gastos públicos. O segundo turno está marcado para a semana que vem.

Renan foi afastado da presidência do Senado porque na semana passada virou réu, no processo em que é acusado de receber propina para pagar despesas de uma filha fora do casamento.
Reações:

0 comentários: