quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Avião da Latam é atingido por tiro de fuzil


Aeronave está em manutenção em aeroporto; PF e a Anac vão investigar

A Polícia Federal (PF) e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) vão investigar o caso de uma aeronave da Latam atingida por um tiro de fuzil. O avião está em manutenção na base da companhia no aeroporto de São Carlos, interior de São Paulo, há três dias.

A Anac informou à BandNews FM que, devido a “excepcionalidade do caso”, o comando da apuração está com a Polícia Federal. Já a Latam confirmou oficialmente que as fotos obtidas pela reportagem são da aeronave que está sendo reparada em São Carlos.

Segundo a Latam, o Boeing 767-300ER de matrícula PT-MSY, que tem capacidade para carregar 259 passageiros, está parado em manutenção programada desde o dia 15 de janeiro em São Carlos, no interior de São Paulo. Informações anteriores apontavam que a aeronave havia voado de Barcelona (Espanha) a Guarulhos, mas a assessoria da companhia não confirmou a rota e disse que não sabia informar qual foi a última viagem do avião.

"Não comprometeu segurança"

Ainda não se sabe em que momento ele foi atingido pelo projétil, que ficou alojado na asa esquerda. O calibre da bala seria 7,62 mm, típico dos fuzis utilizados pelo Exército brasileiro, mas que também pode ser encontrado na mão de criminosos.

A Latam disse que colabora com as investigações e “reforça que a ocorrência não comprometeu a segurança de sua operação”. Segundo a empresa, a marca do projétil no avião só foi encontrada durante a manutenção, já que a aeronave estava em "perfeitas condições de voo".

Nenhum comentário: