terça-feira, 24 de janeiro de 2017

PF aponta indícios de desvio em doações para a chapa Dilma-Temer

Segundo relatório enviado ao TSE, parte significativa de valores usados no pagamento de gráficas foi desviada para ‘benefício próprio’ de pessoas e empresas

O presidente Michel Temer e a ex-presidente Dilma Rousseff (Ueslei Marcelino/Reuters)
A Polícia Federal encaminhou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) um relatório em que afirma ter detectado irregularidades em repasses a fornecedoras da campanha da chapa composta pela ex-presidente Dilma Rousseff e o presidente Michel Temer em 2014. O relatório foi apresentado ao ministro Herman Benjamin, relator no TSE da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) movida pelo PSDB e que pode, em última instância, cassar o mandato presidencial de Temer.

Segundo a PF, a análise dos repasses a três gráficas – VTPB, Focal e Rede Seg – mostra que “parte significativa dos valores oficialmente apresentados como destinados ao pagamento de serviços gráficos em prol de campanha de candidato à Presidência da República em 2014 não foi, de fato, direcionado a essa atividade”. Em dezembro, a PF cumpriu mandados de busca e apreensão na sede das empresas.

Nenhum comentário: