terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Presídio de massacre no RN está sem grades nas celas desde 2015

Penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, foi inaugurada em 1998 com objetivo de ‘humanizar’
A penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, onde houve uma chacina que deixou 26 detentos mortos no último fim de semana, está sem grades nas celas desde março de 2015, quando ocorreu um motim que destruiu parte da unidade. Com isso, a circulação dos presos no local ficou livre.
De acordo com o G1, o presídio ainda não foi controlado após o massacre. O governo do estado chegou a pedir ajuda da Força Nacional de Segurança para retomar o controle da unidade, que abriga detentos de duas facções: o Sindicato RN e o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Os agentes penitenciários não conseguem realizar tarefas, como entregar refeições aos detentos por conta dos acessos bloqueados entre os pavilhões.
Fonte: Notícias ao  minuto.
Reações:

0 comentários: