sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Uns limpam, outros sujam a cidade

A administração Valmir Climaco começou como todas as outras, começaram fazendo mutirão de limpeza nas ruas da cidade, e como sempre, a sujeira é tanta, que quanto mais os garis retiram lixo das ruas, mais lixo aparece. Nesse ritmo, a diretoria de urbanismo vai precisar manter essa força tarefa da limpeza pelos quatro anos do governo.
Em menos de uma semana de trabalho já foram retiradas mais de cem caçambas carregadas com todo tipo de sujeira, e a obrigação da prefeitura é fazer a coleta do lixo doméstico e do comércio. Os entulhos e galhadas de arvores são de responsabilidade de quem produz esse material e deve pagar pelo seu recolhimento, mas como não há fiscalização, as ruas acabam virando um grande lixeiro, e a prefeitura é obrigada a assumir essa tarefa.
Isso só acontece, porque até hoje, nenhum prefeito teve a coragem de punir quem suja as ruas deliberadamente, e esses mal-educados continuam apostando que tudo vai continuar como antes, é tanto que nesses primeiros cinco dias de trabalho de limpeza, há lugares que os garis já recolheram entulhos pelo menos duas vezes e as pessoas continuam jogado o lixo no mesmo local, num gesto claro de desafio à ordem pública e desrespeito ao contribuinte que é quem paga pelo custo desse serviço.
Um desses locais é a praça da bandeira. Essa situação já foi identificada pelo diretor de urbanismo, que prometeu até o final dessa semana disponibilizar um número de celular com WhatsApp para receber denúncias.
Espera-se que o prefeito tenha pulso firme e que realmente adote medidas cabíveis contra quem suja as ruas, pois embora para alguns, esse tipo de medida possa parecer impopular, mas a grande maioria da população vai agradecer por ter uma cidade limpa. 

Jornalista Weliton Lima. Comentário do telejornal Focalizando, quinta (05/01/17)  


Nenhum comentário: