Postagem em destaque

Helder deve ser julgado nesta quinta-feira pelo TRE

Ministro é acusado de abuso de uso indevido dos meios de comunicação O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB), dever...

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Bolsonaro registra candidatura à Presidência da Câmara

O deputado já havia sinalizado a aliados que poderia entrar na disputa; Seis candidatos estão concorrendo ao cargo
Sem alarde, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) registrou sua candidatura à presidência da Câmara dos Deputados. O deputado já havia sinalizado a aliados que poderia entrar na disputa.
Ao total serão seis candidatos concorrendo ao cargo que vale, na prática, à vice-presidência da República. Já registraram candidatura o atual presidente, Rodrigo Maia (DEM-RJ), Luiza Erundina (PSOL-SP), Júlio Delgado (PSB-MG), André Figueiredo (PDT-CE) e Jovair Arantes (PTB-GO).
Rogério Rosso (PSD-DF) desistiu após o ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, rejeitar os pedidos de impugnação da candidatura de Maia.
Para a primeira vice-presidência há cinco candidatos: os peemedebistas Lúcio Vieira Lima (BA), Osmar Serraglio (PR), Fábio Ramalho (MG) e José Priante (PA). O deputado Silvio Costa (PTdoB-PE) se inscreveu na condição de membro do bloco parlamentar.
Para a primeira-secretaria, que por acordo seria do PR, há três inscritos: Fernando Giacobo (PR-PR), Kaio Maniçoba (PMDB-PE) e Valtenir Pereira (PMDB-MT). Apesar da bancada do PSDB ter escolhido Carlos Sampaio (SP) para a segunda-secretaria, Mariana Carvalho (RO) se inscreveu para disputar o voto no plenário.
Na terceira-secretaria, que cabe ao PSB, estão formalmente inscritos João Fernando Coutinho (PE) e JHC (AL). Na quarta-secretaria há apenas o registro da candidatura de Rômulo Gouveia (PSD-PB). O PP escolheu André Fufuca (MA) para a segunda vice-presidência.
Para as quatro vagas de suplência há seis inscritos, embora as vagas sejam destinadas ao PT, PDT, PRB e Solidariedade. Estão no páreo Pedro Uczai (PT-SC), César Halum (PRB-TO), Tenente Lúcio (PSB-MG), Dagoberto (PDT-MS), Carlos Manato (SD-ES) e Felipe Bornier (PROS-RJ).

(Com Estadão Conteúdo)
Reações:

0 comentários: