quinta-feira, 2 de março de 2017

Motoristas parados em rodovia recebem cestas básicas

Aeronave da Força Aérea Brasileira pousou  em Itaituba com três mil cesta básica para distribuir aos município em emergência na região.
A prioridade é os motoristas parados na rodovia BR-163, no município de Trairão.

Força Aerea brasileira descarrega alimentos em Itaituba (Foto WhatsApp -Jornal Folha do Progresso)
Uma operação envolvendo militares do exercito, da defesa civil e corpo de bombeiros estão em Itaituba acompanhando e auxiliando os municípios da região em estado de emergência causado pelas fortes chuvas até que todas as necessidades sejam atendidas.
Tenente coronel Ney Tito da defesa Civil, disse que as cestas básicas serão entregues para os município, a distribuição será de responsabilidades das prefeituras, divulgou.
Os motoristas que estão parados na rodovia BR-163 no Município de Trairão começaram a  receber cesta básica na tarde desta quarta-feira (01). Em Torno de 300 unidades foram entregues.
O alimento chegou de helicóptero das Forças Armadas que auxiliam na operação. O Município coordenou a distribuição. De acordo com o Chefe da Defesa Civil , Coronel Ney Tito, as secretarias municipais continuarão acompanhando as famílias até que todas as necessidades tenham sido atendidas.
“Conforme as determinações da operação os motoristas parados na rodovia BR-163 é a prioridade neste momento, a rodovia esta em obras de recuperação nos atoleiros criados pelas fortes chuvas que continuam caindo na região”. Motoristas estão a mais de 20 dias enfrentado dificuldades para transitar num trecho de 52 quilômetros sem pavimentação.
DNIT trabalha na recuperação da rodovia BR-163
Segundo divulgou o agronegócio nesta semana o prejuízo e de mais de 1,2 milhões ao dia com a rodovia trancada.
O DINIT faz serviços de reparos no trecho, a dificuldade vem do clima, a chuva não da trégua, estamos no período de Chuvas Amazônica, boa parte dos caminhões parados  que estavam retornando do porto de “Miritituba” já foi liberado.

Da Redação Jornal Folha do Progresso

Nenhum comentário: