terça-feira, 2 de maio de 2017

Escravidão na Amazônia é tema de debate na UFPA, em Belém

Simpósio irá reunir pesquisadores do Norte a partir da próxima quarta-feira, 3. Especialistas discutem especificidades da escravidão na região amazônica.

A escravidão e o abolicionismo na região amazônica serão tema de um debate realizado na Universidade Federal do Pará (UFPA), em Belém, na próxima quarta-feira (3), durante o I Simpósio de Escravidão e Abolicionismo na Amazônia. Veja aqui a programação.
As inscrições para ouvintes podem ser feitas até o dia do evento, já para apresentações de trabalhos o prazo se encerrou no último dia14 de abril. O encontro pretende reunir pesquisadores e pesquisadoras de todos os níveis acadêmicos, envolvidos com a temática.
“Nos últimos anos, os membros do grupo vêm contribuindo para a percepção e análise dos movimentos e das lutas escravas, das relações que os escravos teciam com seus senhores e com outros segmentos da sociedade, ou seja, as especificidades da escravidão na região e das suas ligações sistêmicas”, explica conta Luiz Laurindo, organizador do simpósio e membro do Grupo de Estudos e Pesquisas da Escravidão e Abolicionismo na Amazônia (Gepeam).
Durante a abertura do simpósio será realizada uma conferência com o historiador doutor João José Reis, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), e o encerramento, na próxima sexta-feira (5) deve contar com a presença da doutora Patrícia Maria Melo Sampaio, da Universidade Federal do Amazonas (UFAM).
Serviço:

1° Simpósio de Escravidão e Abolicionismo na Amazônia, de 03 a 05 de maio, no auditório do Instituto de Ciências Jurídicas (UFPA), da UFPA, localizado no campus profissional, no bairro do Guamá, em Belém. As inscrições custam R$ 15, R$ 30 e R$ 40 para as categorias estudantes de graduação, pós-graduação e profissionais da área, respectivamente.

Nenhum comentário: