sexta-feira, 7 de julho de 2017

Advogado Dr. José Antunes repudia as ações praticadas por órgãos públicos federais na região garimpeira

ADVOGADO ESPECIALIZADO EM ASSUNTOS DE MINERAÇÃO CONTESTA AÇÃO DO IBAMA E ICMBIO
O Advogado José Antunes Manifestou-se Indignado com Ação Terrorista Praticada Pelos órgãos Federais, Ibama, Icmbio e Policia Federal Nas Regiões de Garimpos de Itaituba.  A operação dos órgãos praticada nas regiões garimpeiras da área do tapajós revoltou os donos de dragas e garimpeiros, trazendo-lhes prejuízo com a destruição de seus equipamentos. A falta de respeito dos agentes repercutiu na câmara municipal de Itaituba e em outros setores. Para o Advogado José Antunes ,o qual e da área e um grande conhecedor das leis ambiental ,isso foi lamentável o que o IBAMA fez com as pessoas e seus equipamentos ,essa ação foi criminosa o que eles realizaram.

 AÇÃO DO IBAMA E ICMBIO INVIABILIZA EXPLORAÇÃO AURÍFERA NA REGIÃO
Quanto aos equipamentos que os garimpeiros ou mineradores estejam usando na exploração, se eles não estiverem com a com o licenciamento adequado para usar, o mesmo não esta cometendo crime algum, simplesmente ele esta executando sua atividade sem a devida autorização, ai o mesmo devera se autuado, aprendido esse bem , após o processo legal e depois de transitado em julgado a ação, esse bem vai a hasta publica e o resultado financeiro vai ou não ser revestido para o fundo da mineração , a qual foi criado lei especifica para isso. E não fazer esse terrorismo que agentes cometeram, que fica caracterizado crime , e com certeza eles deverão ser penalizados na forma da lei como improbidade administrativa por esse ato irresponsável , pois estão estragando, destruindo um bem da união.

Dr. Antunes relata o caso que repercutiu do empresário da área mineral o s. Luiz Barbudo como e conhecido o qual os agente queimaram sua draga causando-lhe um prejuízo de aproximadamente R$ 1,5 de reais( Hum milhão e meio de reais). Finalizando Dr. Antunes a cada dia que passa esta praticamente impossível ser garimpeiro em qualquer parte da região da reserva da reserva da garimpeira do tapajós e adjacências, não e por culpa dos mesmos mas sim pela falta de apoio e pelas ações criminosas dos órgãos ambientais, ai fica complicado finaliza o advogado José Antunes.
Reações:

0 comentários: