sexta-feira, 14 de julho de 2017

O VICE PRESIDENTE DA AMOT DISSE EM ENTREVISTA QUE PRESSÃO INTERNACIONAL ESTÁ OBRIGANDO O GOVERNO FEDERAL A INTENSIFICAR AS FISCALIZAÇÕES NA REGIÃO AMAZÔNICA.

                                            José Antunes vice presidente da AMOT

De acordo com o advogado e vice  presidente  da Associação de Mineradores de Ouro do Tapajós,  a intensa fiscalização feita pelo IBAMA na região é resultado da pressão que o governo federal está recebendo de Países  que liberaram recursos para a preservação da Amazônia e agora estariam cobrando uma resposta da união.


Segundo José Antunes, com a pressão internacional, o governo federal está intensificando as fiscalizações em cima da exploração mineral da região da região, o vice presidente da AMOT também alerta para os riscos de confronto entre trabalhadores e agentes de fiscalização.
Reações:

0 comentários: