terça-feira, 25 de abril de 2017

ITAITUBA - SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE PROCURA O RESPONSAVEL PELA COOPERATIVA DE RECICLAGEM ABANDONADA NA 38ª RUA DO BAIRRO VITORIA REGIA!

Segundo o Secretário varias denuncias chegaram até ele, de um galpão que armazena produtos de reciclagem, como: papelão, garrafas pet e outros.
Estaria abandonado a bastante tempo, imediatamente o secretário pediu o apoio da vigilância sanitária e da secretaria de obras do município através do setor de urbanismo  e fizeram uma visita em loco. Ao chegarem no local foi confirmada a veracidade das denuncias, mais o dono do galpão não foi localizado para prestar esclarecimentos sobre o abandono do referido imóvel e dos materiais deixado lá.
Sobre o material que foi abandonado no local o secretário disse que se o proprietário do local não se manifestar num prazo de 30 dias todo material será recolhido e doado para catadores ou mesmo vendido para o comercio de reciclagem, Bruno disse ainda que há interesse do município de por pra funcionar novamente a cooperativa de reciclagem que ira ajudar na gestão de resíduos do próprio município, ajudando o poder publico o comerciante,  para Bruno é muito importante a figura do catador mais pra isso é necessário que haja uma fabrica de produtos recicláveis.

O Secretário entende que o município precisa se organizar nesse sentido e pra isso é preciso que a fabrica volte a funcionar, finalizou o secretário.

sábado, 22 de abril de 2017

Piloto do avião que caiu em Itaituba é transferido para Belém

Acidente aconteceu na última sexta-feira, 21. Os três norte-americanos que estavam na aeronave já tiveram alta médica.

Foi transferido na manhã deste sábado (22) para Belém o piloto da aeronave que caiu no sudoeste do Pará. Segundo informações da direção do Hospital Municipal de Itaituba, ele será encaminhado para um hospital particular na capital.
A aeronave monomotor caiu na tarde de sexta-feira (21) a 12 quilômetros da sede do município de Itaituba. O piloto e três norte-americanos estavam dentro do avião no momento da queda, mas todos sobreviveram e foram levados para o hospital da cidade.
Segundo o Corpo de Bombeiros de Itaituba, o monomotor estava se aproximando da pista de pouso quando bateu em um fio de alta tensão e caiu próximo a uma estrada. O piloto do avião ficou ferido no rosto e nas mãos, e fraturou o braço.

Os três norte-americanos sofreram ferimentos leves e já tiveram alta do hospital.

Flamenguista tatua camisa em tamanho real

Existe limite para loucura por um time de futebol? Bom, para o torcedor do Flamengo Maurício, de Joinville (SC), não há.
Nesta semana, ele deu início da camisa do time em tamanho real. Robinho, o tatuador, elogiou a coragem do amigo.
Confira as fotos e nos diga, você seria capaz?


(Com informações de Extra)

sexta-feira, 21 de abril de 2017

ITAITUBA – PA. AVIÃO BATE EM FIO DE ALTA TENSÃO E CAI NO KM 13


O Sinistro aconteceu na tarde desta sexta-feira (21), por volta das 15horas.  De acordo com informações o avião vinha de Jacareacanga e  quatro pessoas estavam abordo, segundo informações o Piloto HAROLDO BIERY,   ia pousar na pista do KM 13 sentido Caima e não  viu os fios de alta tensão na beira da BR230, informações dão conta de que devido a forte chuva e pouca visibilidade o trem de pouso do avião bateu em um dos fios de Alta tensão. E o piloto perdeu totalmente o controle da aeronave vindo a cair. 

Graças à Deus os quatros passageiros estão bem,  apenas o piloto que aparentemente está com fratura em um do seus braços.
Os militares do corpo de bombeiros e o serviço atendimento móvel e urgência (SAMU) e a Policia Militar também foram acionados mas chegando no local as vítimas já  haviam sido deslocadas para o Hospital Municipal de Itaituba. 
Matéria sendo atualizada.
Fonte: http://plantao24horasnews.com.br
Fotos: Reprodução Via Whatsapp

Homem é assassinado a tiros em sua própria residência em Itaituba, PA.



O crime aconteceu na manhã desta sexta feira, 21 de abril, por volta das (10hs40min) na 35ª Rua do Bairro Santo Antônio em Itaituba, sudoeste do estado. 
A vitima foi identificada por: Antônio de Medeiros Faustino Neto. O mesmo foi assassinado com cerca de 4 tiros, possivelmente de uma pistola, pois as capsulas estavam ao chão, dentro de sua própria residência, onde morava só. Uma casa de madeira, simples, com apenas um cômodo, com vários pertences e duas motos que estavam dentro casa. Do lado de fora uma camionete D-20 estava estacionada. 
Após o crime a policia militar foi chamada, isolou a área, para evitar acesso de curiosos na cena do crime. O delegado Conrado esteve pessoalmente do local. Em seguida acionou o IML para fazer a remoção do corpo e periciar a cena. 
Ao lado corpo da vitima policiais militares encontraram um revolver calibre 38, que ainda estava no coldre. A policia suspeita que a vitima ainda tentou sacar a arma, porem foi alvejado antes. Ainda não se tem uma linha definida de investigação ate agora. A policia esta colhendo informações para tentar descobrir quem matou e por qual motivo. 
A nossa equipe de reportagem esteve no local e acompanhou o trabalho da policia. Muitos curiosos se concentraram em frente a casa da vitima, pois ninguém sabia de nada. Um sobrinho e um ex- genro da vitima chegaram ao local e conversaram com a policia.
Fonte: Blog do Junior Ribeiro

quarta-feira, 19 de abril de 2017

ITAITUBA – DIA DO ÍNDIO LUTAS E CONQUISTAS DESSES POVOS!

Alessandra  Munduruku 

Everaldo Munduruku 
Comemoramos todos os anos, no dia 19 de Abril, o Dia do Índio. Esta data comemorativa foi criada em 1943 pelo presidente Getúlio Vargas, através do decreto lei número 5.540. Mas porque foi escolhido o 19 de abril?
Origem da data: Para entendermos a data, devemos voltar para 1940. Neste ano, foi realizado no México, o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano. Além de contar com a participação de diversas autoridades governamentais dos países da América, vários líderes indígenas deste contimente foram convidados para participarem das reuniões e decisões. Porém, os índios não compareceram nos primeiros dias do evento, pois estavam preocupados e temerosos. Este comportamento era compreensível, pois os índios há séculos estavam sendo perseguidos, agredidos e dizimados pelos “homens brancos”. No entanto, após algumas reuniões e reflexões, diversos líderes indígenas resolveram participar, após entenderem a importância daquele momento histórico. Esta participação ocorreu no dia 19 de abril, que depois foi escolhido, no continente americano, como o Dia do Índio.

Comemorações e importância da data: Neste dia do ano ocorrem vários eventos dedicados à valorização da cultura indígena. Nas escolas, os alunos costumam fazer pesquisas sobre a cultura indígena, os museus fazem exposições e os minicípios organizam festas comemorativas. Deve ser também um dia de reflexão sobre a importância da preservação dos povos indígenas, da manutenção de suas terras e respeito às suas manifestações culturais. Devemos lembrar também, que os índios já habitavam nosso país quando os portugueses aqui chegaram em 1500. Desde esta data, o que vimos foi o desrespeito e a diminuição das populações indígenas. Este processo ainda ocorre, pois com a mineração e a exploração dos recursos naturais, muitos povos indígenas estão perdendo suas terras.
Fonte: Google 


MPF e Celpa assinam acordo para ampliar fontes de dados para investigações

Informações serão utilizadas para identificação de pessoas citadas em investigações e processos sob responsabilidade do MPF no Estado
O Ministério Público Federal (MPF) e a concessionária de energia Centrais Elétricas do Pará (Celpa) assinaram termo de cooperação para permitir que o MPF tenha acesso ao banco de dados de clientes da empresa.
O objetivo é possibilitar que o MPF tenha mais uma fonte de dados para buscar nomes, endereços e números de documentos de identificação necessários para a identificação de partes e testemunhas em procedimentos judiciais e extrajudiciais.
A parceria foi publicada no diário oficial eletrônico do MPF nesta última segunda-feira, 17 de abril. O termo foi assinado pela Procuradora-chefe do MPF no Estado, Nayana Fadul da Silva, pelo presidente da Celpa, Nonato Castro, e pelo diretor comercial da empresa, Augusto Dantas.
“A postura colaborativa da Celpa será extremamente útil ao desempenho das atividades do Ministério Público Federal no Estado e beneficia, verdadeiramente, os cidadãos, que passarão a contar com serviços mais eficientes”, avalia o procurador da República Vítor Souza Cunha, coordenador do Núcleo Criminal e da Assessoria de Pesquisa e Análise (Asspa) do MPF no Estado.
Funcionamento – O acesso do MPF ao banco de dados da Celpa será por meio de sistema de informática. A distribuidora de energia comprometeu-se a informar ao MPF quais os requisitos tecnológicos necessários para essa interconexão.
A empresa e o MPF ficaram responsáveis por providenciar a instalação ou adequação, em seus computadores, de programas e recursos de software necessários ao cumprimento do acordo.
Os dados serão para uso exclusivo do MPF, que se comprometeu a mantê-los sob sigilo e responsabilizou-se pelo uso indevido das informações.
O treinamento da equipe do MPF para acesso ao banco de dados será providenciado pela Celpa, que vai acompanhar e monitorar a operação do sistema, fiscalizando o seu uso para assegurar o cumprimento da cooperação.
O acordo não vai demandar a necessidade de repasse de verbas entre as duas organizações participantes.
Fonte: Ministério Público Federal no Pará

Nome de Lula estaria na lista de Fachin

Nome de Lula estaria na lista de Fachin (Foto: Divulgação)


A "lista de Fachin" movimentou o cenário político brasileiro na última semana após divulgar o nome de políticos que tiveram inquéritos abertos no âmbito da Operação Lava Jato. O caso, entretanto, pode gerar nova polêmica. Segundo reportagem do Estadão, os nomes do ex-presidente Lula, o ex-ministro Antônio Palocci, o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, o senador Edilson Lobão e o ex-ministro Henrique Eduardo Alves estão entre os nomes inclusos em 25 petições feitas pela Procuradoria-Geral da República que ainda estão sob sigilo.

Segundo a reportagem, as petições são baseadas nas delações premiadas de executivos da Odebrecht e tratam de assuntos ainda não divulgados, e portanto tiveram o sigilo mantido para não prejudicar as investigações.

Entre os casos investigados, estariam a relação comercial da empresa Exergia, de propriedade do sobrinho da primeira mulher de Lula, que teria um contrato com a Odebrecht para prestação de serviços na Angola, após contratação feita a pedido do ex-presidente. A empresa não teria experiência no ramo e teria sido contratada apenas por uso de influência de Lula, que em troca teria intervido para conseguir obras da Odebrecht em Cuba.
Já Palocci teria feito pagamentos para campanhas eleitorais no Peru e em El Salvador, além de arranjar o contrato do marqueteiro João Santana para apoio na candidatura de Ollanta Humala para a presidência do Peru.
A investigação ainda incluiria pagamentos de caixa 2 pela Odebrecht para auxílio em campanhas eleitores de mebros do alto escalão do PT e PMDB, além de irregularidades no processo de concessão de construção da Usina de Belo Monte.
(Com informações de Estadão)

Baleia Azul: Entidades se mobilizam para frear jogo suicida; BH registra primeira morte

Além de levar temor a parte da população, mortes de adolescentes relacionadas ao jogo da Baleia Azul têm gerado reações em diversas entidades e preocupado integrantes da Comissão de Crimes Eletrônicos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MG). No último sábado (15), a Polícia Militar (PM) registrou o primeiro caso de suicídio associado ao desafio em Belo Horizonte. Dois dias antes, um jovem de 19 anos se matou em Pará de Minas, na região Central do Estado. Pelo menos outras três ocorrências semelhantes já foram relatadas às autoridades mineiras – em todas elas, adultos procuraram ajuda ao descobrir a proposta suicida.
Até mesmo a Secretaria Estadual de Educação (SEE) se mobiliza para tentar frear as consequências do jogo em Minas. Segundo o órgão, gestores e educadores da rede pública de educação vão receber orientação para reforçar ações pedagógicas de conscientização. A iniciativa tem como alvo os estudantes e suas famílias. Temas como convivência no ambiente escolar, bullying e uso seguro da internet devem estar em pauta.
Estudantes mineiros terão ações pedagógicas reforçadas para evitar bullying e suicídio
Divulgação/Agência Minas
Ao Bhaz, a SEE explicou que ainda recomenda que pais e responsáveis fiquem atentos ao comportamento dos filhos e busquem ajuda profissional e de instituições públicas como os Centros de Referência de Assistência Social e os conselhos tutelares sempre que possível.
A Secretaria Municipal de Educação também informou que vai propor ações de formação para orientar diretores e coordenadores pedagógicos. O objetivo das atividades é, segundo o órgão, “identificar situações que sugiram ou caracterizem comportamentos de autoflagelação que eventualmente ocorram com os alunos da rede para que se tomem as medidas necessárias para protegê-los”.

OAB-MG

Para o presidente da Comissão de Crimes Eletrônicos da OAB-MG, Luis Felipe Silva Freire, a prevenção é muito importante para que as pessoas consigam ajuda e não se matem. No entanto, segundo ele, também é necessário acabar com a falsa sensação de que a internet é uma terra sem-lei e de que os crimes não são punidos no ambiente virtual. Segundo o advogado, deve haver uma investigação rigorosa dos casos para identificar e punir os responsáveis pelo jogo.
“A internet não é uma terra sem-lei, é preciso acabar com essa falsa sensação de que se pode tudo. É possível identificar e punir porque as leis também são aplicáveis no ambiente virtual”, diz. “Além de incentivar o suicídio, os envolvidos no jogo podem ser punidos por crimes como ameaça e associação criminosa”, explica Freire. “Somente pelo artigo 122 (incentivo ao suicídio), a pena pode ser dobrada e chegar a 12 anos de prisão se a vítima for menor de idade”, conta.
Adolescentes são orientados a se mutilar. Desafio final é tirar a própria vida
Reprodução/Facebook
O advogado pondera que, em um primeiro momento, as plataformas onde o jogo é desenvolvido devem ser investigadas com rigor. Ou seja, o Facebook e outros sistemas de troca de mensagens. Segundo ele, a OAB está disponível para auxiliar as apurações da Polícia Civil. “Não há necessidade de se ter uma liminar para que o Facebook ou outra rede seja retirada do ar. As autoridades e o Ministério Público podem pedir a quebra de sigilo desses grupos onde ocorrem trocas de mensagens do jogo e até antes disso buscar um diálogo para cooperação”, explica.
O especialista em crimes eletrônicos ainda sugere que campanhas de conscientização sejam realizadas em escolas e em locais voltados para o público alvo do jogo. “A comissão sugere ações direcionadas para os adolescentes. Devemos evitar a disseminação do jogo”, finaliza.

Centro de Valorização da Vida

O Centro de Valorização da Vida (CVV), do Governo Federal, recomenda que pessoas em situações de vulnerabilidade e que possam se matar sejam orientadas a buscar ajuda. Por meio do CVV, voluntários ficam disponíveis 24h para atender a ligações e conversar com quem os procura. É importante saber que eles são capacitados para ter uma escuta respeitosa e para ajudar a quem pensa ou costuma pensar em tirar a própria vida. O número é o 141.

Facebook

Muita gente não sabe, mas o Facebook conta com uma ferramenta que busca prevenir casos de suicídio. Além das publicações costumeiras, a rede social ativou o recurso também para as transmissões ao vivo. Se você perceber que algum amigo não está passando por um bom momento, você pode denunciar o conteúdo postado por ele e, entre as opções, uma tela com contatos, dicas e recomendações para ajudá-lo vai se abrir.
Veja o vídeo e entenda:
 Nota da Secretaria Municipal de Educação na íntegra
Em relação ao desafio da Baleia Azul, a Secretaria Municipal de Educação não registrou ainda notificação por parte das escolas de que essa situação esteja ocorrendo. A Secretaria está atenta a qualquer manifestação que fuja ao cotidiano das escolas e conta com uma equipe responsável por lidar com questões relativas ao clima escolar.
O canal de diálogo com diretores e comunidade escolar é constante e qualquer escola que perceba o desenvolvimento de fenômenos que fogem à normalidade, pode e deve comunicá-los a Secretaria para que estratégias de ação sejam desenvolvidas junto às unidades.
Haverá um trabalho de formação orientando diretores e coordenadores pedagógicos para identificar situações que sugiram ou caracterizem comportamentos de autoflagelação que eventualmente ocorram com os alunos da rede para que se tomem as medidas necessárias para protegê-los”. 

sábado, 15 de abril de 2017

Coreia do Norte diz que está pronta para guerra

Neste sábado (15), o vice-presidente do Partido dos Trabalhadores de Coreia do Norte, Choe Ryong-hae, afirmou durante um grande desfile militar em Pyongyang que o povo norte-coreano está "preparado para a guerra" contra os Etados Unidos com suas armas nucleares.
"Estamos completamente preparados para enfrentar qualquer tipo de guerra com nossas armas nucleares se os EUA atacarem a península da Coreia", disse Ryong-hae, considerado O número dois do regime, em seu discurso durante a exibição militar em comemoração ao 105º aniversário do fundador do país, Kim Il-sung.
Durante o desfile do "Dia do Sol", presidido pelo líder Kim Jong-un, o Exército norte-coreano mostrou seu arsenal, incluindo vários mísseis balísticos, entre os quais encontrava-se um possível novo projétil de alcance intercontinental.
"Se os EUA fizerem provocações imprudentes contra nós, nossa força revolucionária contra-atacará num instante, com um ataque aniquilador e responderemos a uma guerra total com guerra total e a ataques nucleares com nosso próprio arsenal atômico", disse Choe.
Ele também acusou os EUA de posicionar armas nucleares no Sul da península coreana, "o que está criando uma situação muito tensa que ameaça a paz e a segurança não só da região, como também do mundo inteiro".
EUA
Os EUA decidiram, enviar recentemente um porta-aviões nuclear à península da Coreia em resposta aos lançamentos de mísseis de Pyongyang e Washington, e chegou a insinuar que estuda a possibilidade de um ataque preventivo para frear os avanços armamentísticos do regime norte-coreano. "Os imperialistas estão tentando isolar nosso povo onde as pessoas só querem viver em paz", afirmou o vice-presidente do Partido dos Trabalhadores.

(Com informações da Agência Brasil)

O estilo Valmir de governar, um comentário de Weliton Lima

O estilo Valmir de governar

Respaldado pela expressiva votação que recebeu nas urnas, o prefeito Valmir Climaco, nos primeiros três meses de governo, adotou um estilo impositivo de administrar o município, não dando margem para maiores contestações e, mesmo quando a decisão é discutível, o prefeito tem sido muito firme em suas ações como no caso da compra da casa que obstruía a passagem da água do igarapé oriundo.
Esse estilo de governar se revelou ainda mais firme no imbróglio da desocupação da área no entorno do aeroporto municipal, na campanha salarial dos servidores municipais, mesmo com toda a pressão, principalmente dos professores.
O prefeito também tem se mantido irredutível em negociar qualquer tipo de reajuste, embora essa intransigência não o impeça de dialogar com as categorias, como fez com os trabalhadores da saúde durante uma assembleia geral da classe.
Essa firmeza que o prefeito vem demonstrando em momentos distintos de seu governo precisa ser estendida a outras questões. Na limpeza pública, por exemplo, tem gente que ainda insiste em colocar o lixo na rua, fora do dia determinado para a passagem do caminhão papa lixo, e até agora ninguém foi notificado por sujar as ruas propositalmente.
Outro ponto vacilante do governo é quanto a retirada das barracas de venda de comidas, que no começo eram ambulantes, mas, já se tornaram fixas, e estão tomando conta da orla da cidade e de espaços públicos.
Casos como esse também exigem uma ação enérgica e imediata do governo, pois 2018 já é ano eleitoral e os políticos normalmente evitam decisões impopulares perto de eleição.
Portanto, vamos conferir se esse estilo Valmir de governar vai se manter, mesmo com a aproximação das eleições do ano que vem. 
Jornalista Weliton Lima – comentário do Focalizando, 13/04/17

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Itaituba: Moto roubada é recuperada pela Policia Militar.

Mais uma moto foi recuperada pela Policia Militar de Itaituba, graças ao trabalho do serviço reservado do 15ª BPM.

Na tarde desta quarta feira, 12, policiais militares receberam a informação que em uma casa na 30ª Rua, Bairro Santo Antônio, elementos estavam em atitudes suspeitas. Após a informação, os militares do reservado passaram a monitorar a casa, e realmente perceberam uma movimentação atípica no local. Militares do Grupamento Tático Operacional (GTO) foram acionados, a casa foi cercada e a abordagem foi feita. 
Na residência estava; Denis Marques de Abreu, de 24 anos, e dois menores de 17 anos. Eles estavam de posse de uma moto Bros que fora roubada na terça feira, 11, a mesma já estava sendo adulterada, era de cor branca e já tinha sido pintada de preto, a placa também já tinha sido trocada. 

Denis foi preso, e os menores apreendido, todos foram levados para a delegacia de policia para os devidos procedimentos. Policiais suspeitam que os três fazem parte de um bando que comete roubos e assaltos na cidade. Além da moto a policia apreendeu um revolver calibre 38, com três munições e celulares. 



Fonte: Junior Ribeiro e PM

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Decisão judicial suspende instalação de projeto mineral no PA.

TRF-1 acatou o pedido do Ministério Público Federal do Pará para suspender licença de obra.
A sexta turma do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1) acatou o pedido do Ministério Público Federal do Pará e suspendeu, nesta terça-feira (11) a licença de instalação do projeto mineral da empresa canadense Belo Sun no sudeste do estado.
O projeto da mineradora Belo Sun é polêmico. O empreendimento seria instalado em Senador José Porfíripo, e teve licença prévia liberada em 2014. Especialistas, porém, acreditam que a iniciativa pode causar danos irreparáveis ao meio ambiente e prejudicar os índios que vivem na região do Xingu.
De acordo com informação oficial divulgada pela Belo Sun, os estudos que apontaram a viabilidade da instalação do projeto foram concluídos em 2015, e o projeto mineral da Volta Grande recebeu licença de instalação em fevereiro de 2017. No site oficial, a empresa alega que o projeto tem a disposição uma grande reserva mineral com enorme potencial de crescimento.
Nota
A Belo Sun esclareceu em nota que as duas terras indígenas mais próximas ao Projeto Volta Grande estão a mais de 10 Km da área e que em 2012, a empresa solicitou a Fundação Nacional do Índio (Funai) que permitisse estudos sobre o modo de vida desses povos. O órgão federal ainda não concedeu a autorização para acesso às terras homologadas.
Ainda de acordo com a empresa, no processo de avaliação do EIA e do RIMA pelo Conselho Estadual de Meio Ambiente (Coema), foi definido que a empresa deveria elaborar um Estudo de Componente Indígena (ECI), já realizado e protocolado na Funai e na Semas, em abril de 2016, dando sequência ao processo de licenciamento ambiental.
A Belo Sun afirmou que sempre se baseou nas melhores práticas relacionadas à proximidade entre empreendimentos de mineração e populações tradicionais, seus direitos e recursos ambientais.

Fonte: G1 PA.

terça-feira, 11 de abril de 2017

MP 756 – Comissão aprova texto que altera categorias de áreas florestais na região de Novo Progresso -PA

Comissão aprova texto que altera categorias de áreas florestais da Amazônia”-(Foto Rio Jamanxim)
Medida é criticada por grupos ambientalistas que afirmam que mudanças vão deixar terras vulneráveis à exploração irregular; relator nega. Proposta segue para plenário da Câmara.
Uma comissão especial no Senado aprovou nesta terça-feira (11) , por 12 votos a 3, uma medida provisória que altera os limites da Floresta Nacional do Jamanxim, no Pará, e cria a Área de Proteção Ambiental (APA) do Jamanxim.

De acordo com o deputado José Priante (PMDB-PA), relator da proposta, a APA do Jamanxim terá 486 mil hectares no município paraense de Novo Progresso.A proposta segue agora para análise do plenário da Câmara e, se for aprovada pelos deputados, deverá ainda ser analisada pelo plenário do Senado.
O objetivo dessa APA, segundo o parlamentar, é regularizar a ocupação de terras por pessoas que estavam na região antes do estabelecimento da Floresta Nacional do Jamanxim, em 2006.
Com a regularização, essas pessoas conquistarão a propriedade das terras que ocupam e, segundo Priante, terão “segurança” para explorar, de forma “sustentável”, os recursos minerais e agropecuários da área.
Catorze grupos de ambientalistas, entre os quais a WWF-Brasil e o Instituto Socioambiental, apresentaram uma carta aberta contra a aprovação da medida. Essas entidades argumentam que terras categorizadas como APA estão menos “protegidas” do que áreas classificadas como Floresta Nacional.
Os grupos ambientalistas dizem que a recategorização das terras pode deixá-las “vulneráveis” à exploração irregular e à especulação imobiliária.
“A MP 756 visa legalizar extensas áreas ocupadas ilegalmente por grileiros que se aproveitam do fato de haver na região ocupantes com mais de três décadas na região, misturando-se a eles e tentando confundir a opinião pública”, diz trecho da carta das organizações não-governamentais.
Priante negou que seu relatório vá permitir a “devastação” de áreas da Amazônia.
“Eu me sinto à vontade com o relatório, sem qualquer peso na consciência de estar tentando ampliar área que possa contribuir com devastação, com destruição da floresta […] Apenas estamos recorrendo às diversas modalidades que existem na legislação ambiental para que possamos atender à preocupação originária da MP”, declarou.
Os parlamentares também incluíram na MP a alteração da categoria da unidade de conservação (UC) da Reserva Biológica Nascentes da Serra do Cachimbo, também no estado do Pará, para Parque Nacional Nascentes da Serra do Cachimbo. Esse trecho também foi criticado por ambientalistas.
O relator argumentou que, com a mudança, a área poderá ser melhor aproveitada com a exploração do potencial turístico da região. “Tem cachoeiras belíssimas”, opinou.
Os integrantes da comissão também modificaram o texto original da MP para alterar os limites do Parque Nacional de São Joaquim, em Santa Catarina, e modificar o seu nome para Parque Nacional da Serra Catarinense.
Parlamentares contrários a essa modificação argumentaram que o tema é “estranho” ao objetivo original da medida, o que, na avaliação deles, pode provocar uma judicialização da proposta.
AssiSta o Vídeo AQUI