quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Dr. Antunes: “Ministro agiu de forma criminosa no Parna do Jamanxin”

Advogado José Antunes fala sobre a Medida Provisória delimitando o Parque Nacional do Jamanxin.
O presidente da Comissão de Meio Ambiente da OAB – Subseção de Itaituba e vice-presidente da Associação de Mineradores de Ouro do Tapajós (AMOT), advogado José Antunes, em entrevista exclusiva à nossa reportagem, fala sobre a Medida Provisória nº 758, de 19/12/2016, feita pelo ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho e assinada pelo presidente Michel Temer, que altera os limites do Parque Nacional do Jamanxim e da Área de Proteção Ambiental do Tapajós. Veja a reportagem:
Jornal O Impacto: Como o senhor recebeu a notícia sobre a publicação dessa Portaria?
Dr. José Antunes: Foi com surpresa e indignação que os componentes do segmento produtivo de Itaituba e dos demais municípios com seus territórios inseridos na APA do Tapajós, tomaram conhecimento dos termos da Medida Provisória nº 758, de 19/12/2016, em que em seu art. 4º, acresce aos limites do Parque Nacional do Jamanxim, localizado no Município de Itaituba, uma área de 51.135 há (cinquenta e um mil cento e trinta e cinco hectares) e no parágrafo único do mesmo artigo altera os limites da APA do Tapajós.
Para embasar o pedido de adoção de referida Medida Provisória, feita pelo Ministro do Meio Ambiente José Sarney Filho e Maurício Quintella Malta Lessa, conforme EMI nº 00058/2016 MMA MTPA, de 09 de novembro de 2016, dirigida ao Exmo. Sr. Presidente da República, justifica em seu item 4, que “…a BR-163, cujas obras de abertura do traçado e implantação da rodovia foram iniciadas na década de 70, consta do Plano Nacional de Viação – PNV desde a edição da Lei nº 5.917, de 10 de setembro de 1973, que também a declarou naquela época, como sendo indispensável à segurança e ao desenvolvimento nacionais.” e no item 5, que “…o processo de criação do PARNA do Jamanxim já havia considerado a existência desse importante eixo rodoviário, excluindo, assim, o seu leito e respectiva faixa de domínio, sem, entretanto, delimitar essa poligonal do Decreto de criação da unidade, sendo este, um dos pontos que se pretende definir com esta Medida Provisória”.
E, ainda, como vemos, no item 20, do documento supracitado, diz que: “A delimitação de uma única faixa, com área aproximada de oitocentos e sessenta hectares (860 ha), comportando a área aproximada de quatrocentos hectares (400 ha) da faixa de domínio da BR-163, já excluída por ocasião da criação da unidade, e a área aproximada de quatrocentos e sessenta hectares (460 há) do leito da faixa de domínio da EF-170, possibilitará a sua demarcação conjunta e facilitará o processo de gestão do PARNA do Jamanxim, haja vista que ainda hoje, a área da BR-263 excluída do PARNA não está delimitada e demarcada naquele trecho”.
Jornal O Impacto: Quais as justificativas do ministro Sarney Filho?
Dr. José Antunes: No item 21, para justificar o aumento do PARNA do Jamanxim, assim propõe o Ministro: “Por outro lado, contígua ao PARNA do Jamanxim em sua porção sudoeste, vislumbra-se a possibilidade de se promover um aumento no grau de proteção de uma área aproximada de cinquenta e um mil hectares (51.000 ha) atualmente integrante da APA do Tapajós, onde já se registra a ocorrência de quinze (15) espécies ameaçadas de extinção, e das quais seis (6) são consideradas endêmicas da região, e destas, cinco (5) são peixes continentais cuja representação em unidades de conservação ocorre somente naquele PARNA. Esta medida, além de proporcionar aumento da área protegida por unidade de conservação de proteção integral, também atuará como ganho ambiental da redefinição de limites explicitada no item anterior, restando patente a relevância da proposta”.
E, ainda, na letra “a” do item 22, propõe: “a) delimitar uma faixa com uma área aproximada de oitocentos e sessenta hectares (860 ha),  que comporte o leito e a faixa de domínio da Rodovia BR-163, não integrante do PARNA do Jamanxim, desde a sua criação, e o leito e a faixa de domínio da Estrada de Ferro EF-170”.
Jornal O Impacto: Essa medida foi uma armação do Ministro para prejudicar a região?
Dr. José Antunes: Como podemos observar, o Sr. Ministro usou de um artifício para ampliar os limites do PARNA do Jamanxim, criado por Decreto em 13 de fevereiro de 2006, uma vez que quando da sua criação, já havia ficado claramente definida a área do leito e da faixa de domínio da Rodovia BR-163 e, inclusive, à época, também ficou definido a permanência de agricultores que ficavam margeando a BR-163, ficando, desta forma, o PARNA do Jamanxim, desde a sua criação, dividido em duas partes, separadas pelo Rodovia BR-163, apenas, não foi inserido no Decreto de criação do PARNA do Jamaxim as poligonais referentes à área da Rodovia. Está claro, portanto, que não há necessidade alguma da edição de referida Medida Provisória para simplesmente inserir as poligonais, vez que a área já foi dividida quando de sua criação.
O objetivo da edição da Medida Provisória nº 758, de 19 de dezembro de 2016, foi apenas para ampliar, de forma ardilosa e até mesmo criminosa, os limites do PARNA do Jamanxim, retirando da APA do Tapajós, uma área de 51.000 ha (cinquenta e um mil hectares), onde existe a Reserva Garimpeira do Tapajós, criada em 25 de julho de 1983, sendo publicado o ato de criação, no Diário Oficial da União, no dia 28/07/1983 e que abriga atualmente milhares de garimpeiro e pequenos agricultores, expulsos quando da criação do PARNA do Jamanxim em 2006, juntamente com outras unidades de conservação, deixando o Município de Itaituba, com somente 14% (quatorze por cento) de seu território livre, sem a incidência de áreas restritivas.
Além do mais, existem vários projetos minerais sendo implantados nessa área da ampliação do PARNA do Jamanxim, dentre os quais o Projeto da Brazauro (Eldorado Gold), que está investindo 523 milhões de dólares na implantação da mina, sendo que, em parceria com o Município de Itaituba, revitalizou a Estrada Municipal do Tocantinzinho, com 76 Km, tendo, por força de acordo com órgãos ambientais, desviado a referida estrada, do PARNA do Jamaxim, uma vez que essa estrada já existia quando da criação, em 2006, de referido Parque, e hoje possibilita, inclusive, a presença constante dos órgãos ambientais, principalmente o ICMBio, na fiscalização das atividades na área onde hoje, pela Medida Provisória nº 758/2016, foi ampliado o PARNA do Jamanxim.
Jornal O Impacto: Muita gente ficará desempregada com a publicação dessa Medida Provisória?
Dr. José Antunes: Diante de todo o exposto, se conclui que o Ministro do Meio Ambiente simplesmente ludibriou a sua Excia. Sr. Presidente da República, que deixou com a edição da Medida Provisória nº 758/2016, milhares de trabalhadores e pequenos agricultores  sem sua fonte de renda, destinando-os a viver nas periferias das cidades, além de inviabilizar a implantação de um empreendimento que já estava gerando centenas de empregos diretos e também sem a possibilidade de assentamento em outras áreas, vez que com a implantação da Usina Hidrelétrica de São Luís do Tapajós, serão inundadas grandes áreas pertencentes ao Município de Itaituba.
Por: Nazareno Santos

Fonte: RG 15/O Impacto

Ministro do STF Morre em acidente aério no RJ

O nome do ministro Teori Albino Zavascki consta na lista de passageiros do avião que caiu no Rio de Janeiro. (Foto: divulgação)
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e relator da operação Lava Jato, Teori Albino Zavascki, é uma das vítimas fatais do acidente com o avião de pequeno porte que caiu na cidade de Paraty, no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (19). A informação foi confirmada pelo filho do ministro, o advogado Francisco Prehn Zavascki, através de uma postagem no Facebook (link na imagem). 
(Foto: reprodução/Facebook)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já havia confirmado que o ministro Teori Albino Zavascki estava no avião.
O filho do ministro também havia confirmado a presença de Teori que "a família está aguardando por um milagre", comentou Francisco, de acordo com informações publicadas no UOL, e também havia feito uma publicação em seu perfil (link na imagem). 

(Foto: reprodução/Facebook)
Segundo informações preliminares, a aeronave partiu do campo de Marte, em São Paulo, com destino a Paraty, no Rio de Janeiro, e caiu no mar no início da tarde. Chovia muito forte no momento da queda do avião.
O presidente da república, Michel Temer, e a presidente do STF, ministra Carmen Lúcia, acompanham o trabalho de resgate dos órgão de segurança e, por enquanto, não devem se manifestar sobre o assunto.

(Foto: Sonia Barcelos/arquivo pessoal)

RESGATE SOB CHUVA FORTE
A Marinha do Brasil, por meio do Comando do 1º Distrito Naval, informou que tomou conhecimento  da queda da aeronave por volta das 13h45. Imediatamente, a Agência da Capitania dos Portos em Paraty enviou ao local do acidente uma equipe, a fim de prestar apoio na busca aos tripulantes da aeronave.
No momento, cerca de 50 militares e três embarcações da Marinha estão envolvidos nas buscas, além da equipe do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro e barcos pesqueiros. O Navio Patrulha Oceânico "Amazonas" deve ser deslocado para o local do acidente.
De acordo com a prefeitura de Paraty, a chuva forte na região ainda caia no início das buscas.
O Corpo de Bombeiros informou que o avião caiu a cerca de 2 quilômetros do centro histórico da cidade e três corpos foram retirados sem vida da aeronave. Não há informações sobre um quarto passageiro.
Ainda segundo informação da prefeitura de Paraty, duas escunas (tipo de embarcação) sustentam a aeronave para que não afunde, embora o local seja raso, com cerca de 4 metros de profundidade.
A região onde o avião caiu é, inclusive, uma área de circulação de muitas embarcações.

AVIÃO COM CERTIFICADO
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que o avião da Emiliano Empreendimentos e Participações Hoteleiras, que caiu próximo à Ilha Rasa, em Paraty, na região da Costa Verde fluminense, apresentava certificados de inspeção em dia.
Ainda segundo a Anac, não havia nenhuma pendência em relação à aeronave. Um dos passageiros do avião era o ministro do STF e relator da operação Lava Jato, Teori Albino Zavascki.
A assessoria da Força Aérea Brasileira (FAB) informou que a aeronave de matrícula PR-SOM modelo King Air C-90 havia decolado de Campo de Marte (SP), às 13h01, com destino a Paraty (RJ).
A equipe de investigação do Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA 3), sediado na capital do Rio de Janeiro, seguiu em direção ao local do acidente após confirmação.
(DOL) 

Itaituba – secretaria de obras realiza trabalho de drenagem na curva da morte!

Orismar Gomes secretário de obras do município está dês da ultima segunda feira realizando a limpeza do canal que fica localizado na curva da morte, para que o trabalho seja promissor foi necessário abrir uma grande vala na própria Rodovia para colocação de um novo bueiro metálico cedido pelo Denit. O material foi montado no local onde ele será implantado pela SEMINFRA.
A PARTIR DO DIA (2) DE Janeiro o prefeito tem concentrado suas ações na aria de Infra-estrutura onde há maior cobrança da população mais sua preocupação com os alagamentos tem levado a tomar medidas mais drásticas como foi o caso do corte na rodovia autorizado pelo Denit.

Valmir e Orismar esperam com isso amenizar o problema de inundações nos principais pontos com essa incidência.







Paraense comemora nota máxima na redação do Enem.

Esforço e dedicação são requisitos básicos para quem busca perseguir o sonho de cursar uma boa universidade e se formar em um curso do ensino superior. E disso o paraense Yuri Fadi Geha, de 19 anos, entende bem. Na busca pelo diploma, ele se dedicou ao máximo e conseguiu um trunfo que poderá ser determinante para entrar em uma faculdade: a nota máxima da redação do Enem.
“A pontuação máxima foi uma surpresa. A gente nunca espera um 1000 (a nota máxima), mas me preparei e aguardava uma boa nota”, afirmou o estudante, que deixou o ensino médio em 2015 e passou o último ano estudando em casa e em cursinhos.
“Foi a segunda vez que fiz o Enem. Antes, tinha feito 880 pontos, e agora os 1000”, completou o estudante, que sonha em cursar medicina na Universidade Federal do Pará (UFPA). Ele afirma que se dedicou muito ao longo do ano, inclusive durante o mês de julho, de férias escolares.
“Me preparei em rotinas de estudo, cursinhos e cursos de redação, mas acredito que o grande determinante foram as férias. Foi quando estudei em casa, focando nos meus pontos fracos, para melhorar no que podia”.
Agora ele aguarda ansioso o listão da universidade. “Tenho que esperar o resultado, mas acredito que essa nota da redação poderá me ajudar para uma possível aprovação no curso de medicina”. Vamos todos torcer.

Fonte: DOL.

Empresários de MT são feitos reféns por índios no Pará

Os empresários mato-grossenses Cristian Barreto Lima e Carlos Egídio Zancheta são feitos reféns por índios da aldeia Kaiapó, no estado do Pará. Eles estão no local desde a manhã de terça-feira, quando pousaram uma aeronave na pista localizada na área da aldeia.
Para liberar os reféns, os índios exigem a quantia de R$ 100 mil. O avião onde os empresários estavam decolou na manhã de ontem no aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande.
Eles seguiam para a cidade de Altamira, no Pará, onde comprariam peças de equipamentos que estão sendo desmontados de uma usina hidrelétrica na região. Porém, devido ao mal tempo na Serra do Caximbo, o piloto decidiu pousar na pista localizada na aldeia Alcri Kaiapó.
A pista é homologada pela Infraero. Logo que o avião desceu, os índios abordaram os ocupantes.
Eles cobraram R$ 30 mil para permitir que deixassem o local. De acordo com o empresário Tito Lívio Correa, que estava na aeronave, foram entregues R$ 3 mil.
No entanto, quando foram decolar, os índios reforçaram a exigência e impediram que deixassem o local. “Eu falei que tinha que vir na cidade buscar. Eles deixaram dois amigos nossos, que estão como reféns praticamente, e liberou eu e o piloto para voltar hoje cedo pra lá”, relatou.
No entanto, o empresário e o piloto não retornaram com o dinheiro e acionaram os órgãos competentes, como a Funai (Fundação Nacional do Índio). “Até agora não temos notícia do pessoal e a Funai não deu suporte pra gente. Agora estamos sabendo que os índios querem R$ 100 mil para liberar essas duas pessoas aqui no município de São Félix do Xingu”, completou.
A Funai ainda não se posicionou sobre o caso.

Fonte: folha max

Crise em Natal se acirra com ataques nas ruas

Ônibus são incendiados, e delegacias de polícia são alvos de tiros na capital potiguar. Polícia investiga se atos têm relação com rebelião em Alcaçuz e guerra de facções. Novo motim em cidade próxima deixa um morto.Uma onda de ataques teve início no Rio Grande do Norte nesta quarta-feira (18/01), quando pelo menos 11 ônibus, dois micro-ônibus, um carro do governo, cinco viaturas da polícia, duas delegacias e um prédio de uma secretaria de Saúde foram alvos de atos criminosos. No mesmo dia, outro motim deixou um morto e sete feridos em um presídio de Caicó, a cerca de 250 quilômetros da capital.A polícia investiga se os eventos têm alguma relação com a recente rebelião na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, na Grande Natal, já que a maior parte dos ataques aconteceu no mesmo momento em que o Batalhão de Choque da PM fazia a transferência de 220 presos da prisão de Alcaçuz para outro presídio do estado.
A remoção acontece depois que o complexo foi palco de uma rebelião que deixou 26 mortos no fim de semana, 15 deles decapitados.Durante a tarde, pelo menos duas delegacias foram alvejadas em Natal e diversos veículos foram incendiados na capital e nas cidades de Macau, Parnamirim e Caicó.Diante da situação nas ruas, a frota de ônibus da capital potiguar foi recolhida, e a prefeitura determinou que táxis e outros veículos credenciados façam o serviço de lotação para suprir a demanda. Até o momento, não há informação sobre feridos.Também nesta quarta-feira, detentos da Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó, iniciaram uma rebelião no presídio. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária, um detento foi morto e sete ficaram feridos.
Pela noite, presos depredavam a estrutura dos pavilhões e queimavam colchões. De acordo com o órgão, a situação já foi controlada.Conforme informações do jornal O Globo, o governo do RN decidiu negociar com o PCC para tentar retomar o controle da penitenciária de Alcaçuz. Para isso, uma delegada da Polícia Civil e um oficial da Polícia Militar teriam sido designados para conversar com criminosos com o objetivo de evitar novo confronto com o Sindicato do RN, bando local rival da facção paulista.

Fonte: Uol

Pedófilo cria fã-clube falso para enganar crianças

Um desabafo preocupante foi compartilhado na internet pela tia de uma garota de 10 anos que por pouco não caiu na enganação de um suposto pedófilo. As informações foram divulgadas pelo portal R7.
De acordo com o texto publicado em seu Facebook, Suellen Souza estranhou quando a sobrinha lhe pediu um "shortinho curtinho", e foi atrás para ver do que se tratava.  Ao abrir o computador da menina, encontrou uma conversa bastante suspeita com um fã-clube falso da atriz Larissa Manoela.
O autor do perfil fake se identifica como "Gabriele", suposta funcionária de uma grande emissora, o que também é falso.  De acordo com ela, a menina que enviasse uma foto sua usando um shortinho que fosse mais parecido com o que Larissa usa, ganharia uma viagem para conhecer a atriz com tudo pago.

As mensagens estão visivelmente mal escritas e trazem diversos erros de português (Imagem: reprodução)
Logo depois, a pessoa pede para que a criança envie uma foto sua usando um shortinho ou uma calcinha para ser mostrada a um suposto empresário de Larissa Manoela, o que também é falso. 
Suellen conseguiu impedir que a menina caísse nas mentiras do criminoso, e bloqueou imediatamente o perfil. "Se tem adulto que acredita em sorteio de iPhone pelo Facebook, claro que tem criança que acredita em conhecer o ídolo através do Facebook, também", ressaltou.
A idade mínima para criar um perfil no Facebook é de 14 anos. Mesmo assim, é comum ver crianças que utilizem a rede social cada vez mais cedo. É recomendado que haja sempre com a supervisão de um responsável para que se evite este tipo de situação.
Suellen Souza não informou que faria denúncia à polícia. Na manhã desta quinta-feira (09), o post já estava excluído.

(Com informações do R7)

Número de DAS coloca Alexandre Von e Nélio Aguiar em novo confronto

Alexandre Von voltou a criticar Nélio Aguiar
Von afirma que Nélio reduziu as secretarias, mas aumentou o nº de DAS. Evaldo Viana antecipou em artigo essa armação
Alexandre Von (PSDB), ex-prefeito de Santarém, voltou a criticar o prefeito Nélio Aguiar (DEM).
Ontem, 18, em nota à imprensa – confira a íntegra no Ler Mais, abaixo – o tucano atirou contra a nova estrutura administrativa montada pelo democrata para “enxugar gastos”.
“Não houve redução com a atual estrutura vigente em relação aos cargos de DAS”, atacou o tucano. DAS são os chamados assessores especiais.
Segundo Von, na estrutura administrativa criada por ele com 13 secretarias os gastos com DAS chegavam no máximo a R$ 1.043.700,00 por mês. Na  criada por Nélio, com 11 secretarias, os DAS irão consumir R$ 1.165.400,00/mês.

“Ao final de quatro anos da atual gestão, esta nova estrutura poderá representar um gasto adicional de mais de R$ 6 milhões aos cofres públicos [só com DAS]”, calcula o ex-prefeito.

Ex-PDT, advogado assumirá o comando do PP em Santarém no domingo.

Osmando Figueredo volta a comandar um partido em Santarém

O presidente do PP no Pará, deputado federal Beto Salame, irá abonar a filiação do advogado Osmando Figueiredo

Advogado e ex-presidente do PDT em Santarém, Osmando Figueiredo assume a partir de domingo, 22, o comando local e regional/oeste do Pará do PP.
O presidente da legenda no Pará, deputado federal Beto Salame, estará pessoalmente em Santarém para abonar a ficha de filiação do novo progressista, em ato público a ser realizado no plenário da Câmara de Vereadores.
O PP foi o partido com o pior desempenho nas eleições do ano passado no município.
A dupla Igor Ricardo e Lúcia Colares é que estava no comando da sigla.
Fonte:

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Tropa de Choque entra em Alcaçuz para transferir presos

Penitenciária está rebelada desde o último sábado, quando 26 presos foram mortos pelo PCC, que divide o domínio do local com o Sindicato do Crime
Tropa de choque entra na penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte (Globo News/Reprodução)
A Tropa de Choque da Polícia Militar entrou nesta quarta-feira na Penitenciária de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na Região Metropolitana de Natal, numa iniciativa para retomar o controle do presídio, que está rebelado desde o último sábado. Na ocasião, detentos do Primeiro Comando da Capital (PCC) mataram 26 presos ligados ao Sindicato do Crime do Rio Grande do Norte, facção associada ao Comando Vermelho. O presídio é o maior do Estado e abriga cerca de 1.100 detentos, que circulam livremente pelas celas desde 2015.
Desde o início da manhã, o governo do Rio Grande do Norte tentar fazer a transferência de presos de Alcaçuz. A ideia é deixar no lugar apenas presos ligados a um grupo criminoso. A PM entrou no local após intensas negociações com os detentos. Eles voltaram para dentro dos pavilhões com a chegada das forças policiais — nos últimos dias, eles estavam espalhados pelo pátio e até ocuparam o telhado do local. Bombas de gás lacrimogêneo e de efeito moral foram ouvidas na penitenciária, cuja área está isolada.
Na noite de ontem, os presos dos dois grupos ameaçavam fazer uma “batalha campal” entre si. O Sindicato do Crime dominava o pavilhão 4, enquanto o PCC controlava o pavilhão 5. Bandeiras e pichações delimitavam o território de cada bando, que se muniu de barricadas.


O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), afirmou ontem que  o massacre do fim de semana foi uma retaliação à matança ocorrida no Complexo Prisional Anísio Jobim (Compaj), em Manaus, no primeiro dia do ano, quando 56 presos, entre membros do PCC e estupradores, foram mortos pela Família do Norte (FDN). Assim como o Sindicato do Crime, a FDN é aliada do Comando Vermelho, que desde meados do ano passado está em guerra com o PCC na disputa pelo monopólio do tráfico de drogas e dos presídios.

Avião da Latam é atingido por tiro de fuzil


Aeronave está em manutenção em aeroporto; PF e a Anac vão investigar

A Polícia Federal (PF) e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) vão investigar o caso de uma aeronave da Latam atingida por um tiro de fuzil. O avião está em manutenção na base da companhia no aeroporto de São Carlos, interior de São Paulo, há três dias.

A Anac informou à BandNews FM que, devido a “excepcionalidade do caso”, o comando da apuração está com a Polícia Federal. Já a Latam confirmou oficialmente que as fotos obtidas pela reportagem são da aeronave que está sendo reparada em São Carlos.

Segundo a Latam, o Boeing 767-300ER de matrícula PT-MSY, que tem capacidade para carregar 259 passageiros, está parado em manutenção programada desde o dia 15 de janeiro em São Carlos, no interior de São Paulo. Informações anteriores apontavam que a aeronave havia voado de Barcelona (Espanha) a Guarulhos, mas a assessoria da companhia não confirmou a rota e disse que não sabia informar qual foi a última viagem do avião.

"Não comprometeu segurança"

Ainda não se sabe em que momento ele foi atingido pelo projétil, que ficou alojado na asa esquerda. O calibre da bala seria 7,62 mm, típico dos fuzis utilizados pelo Exército brasileiro, mas que também pode ser encontrado na mão de criminosos.

A Latam disse que colabora com as investigações e “reforça que a ocorrência não comprometeu a segurança de sua operação”. Segundo a empresa, a marca do projétil no avião só foi encontrada durante a manutenção, já que a aeronave estava em "perfeitas condições de voo".

Resultado do Enem já pode ser consultado pelos candidatos

Mais de 6 milhões de candidatos fizeram o Enem 2016. Os candidatos terão acesso às notas de cada uma das quatro provas e da Redação
O resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi divulgado nesta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Inicialmente, a divulgação estava prevista para quinta-feira.
No site do Enem, os candidatos terão acesso às notas de cada uma das quatro provas – Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Linguagens e Matemática –e da Redação, que teve como tema a intolerância religiosa no Brasil.
As notas do Enem podem ser usadas para disputar vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificado (Sisu), bolsas no ensino superior privado pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os candidatos com mais de 18 anos podem ainda usar o Enem para receber a certificação do ensino médio.
Mais de 6 milhões de candidatos fizeram o Enem 2016. Destes, 5,8 milhões realizaram as provas na primeira edição, nos dias 5 e 6 de novembro, e 273.000 na segunda edição, que ocorreu nos dias 3 e 4 de dezembro. Outros 53.000 participaram do exame em 13 e 14 de dezembro, datas voltadas para as pessoas privadas de liberdade.

(Com Estadão Conteúdo)

Avião faz pouso forçado no Paraná e passageiro morre no aeroporto

Voo KL 701 saiu de Amsterdam, na Holanda, com destino a Buenos Aires, na Argentina
Um avião da companhia KLM Royal Dutch Airlines fez um pouso forçado no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, no início da manhã desta quarta-feira (18), após um passageiro passar mal e precisar de atendimento médico.
PUB
O voo KL 701 saiu de Amsterdam, na Holanda, para Buenos Aires, na Argentina.
Segundo informações da assessoria de imprensa da companhia, um idoso de 69 anos tinha problemas cardíacos e, apesar da aterrissagem ter sido feita, não conseguiu sobreviver.
O piloto informou sobre a emergência à torre de controle, que autorizou o pouso. Uma equipe médica foi mobilizada para prestar atendimento ao idoso.
“Por razões de privacidade, não fornecemos quaisquer informações adicionais sobre o passageiro, mas ressaltamos que o óbito não aconteceu a bordo, e sim no hospital”, afirmou a assessoria da companhia aérea.

Fonte: Notícias ao minuto.

Record suspende apresentador que ofendeu Ludmilla

Record suspende apresentador que ofendeu Ludmilla (Foto: Reprodução)




Após ofender a cantora Ludmilla, o apresentador da Record em Brasília, Marcão do Povo foi suspenso pela emissora. A decisão veio após o jornalista usar termos racistas ao se referir de Ludmilla.
Chateada, a cantora fez um post em seu Instagram sobre o episódio. O programa em que aconteceu o fato, foi ao ar na terça-feira (17). Ludmilla disse que vai processar o jornalista.

Ao site "UOL", a assessoria da artista informou que ela prestará queixa contra Marcão e "tomará todas as medidas legais cabíveis" por meio de seus advogados.

População sofre com a falta de um porto em Santarém

Porto da Praça Tiradentes não suporta a demanda de cargas e passageiros, denuncia o vereador Didi Feleol (PDT).
O vereador Didi Feleol (PDT) denunciou na tribuna da Câmara, nesta quarta-feira (18), um problema antigo vivenciado pela população ribeirinha das regiões próximas a Santarém: a dificuldade de atracação das embarcações e desembarque dos passageiros em frente à Orla da cidade. “Esse porto foi improvisado, mas no momento não tem condições, porque são muitas embarcações, e não são só as das regiões ribeirinhas, mas também as que fazem linha para outras cidades e estados”, analisa.
De acordo com o parlamentar, além da ausência de um porto adequado para atender a essa demanda, a população tem denunciado a atracação de algumas embarcações. “A reclamação que tivemos é da balsa restaurante que está lá na frente [da cidade] ocupando boa parte do cais, inclusive o responsável pelo setor de portos já está tomando providências. Ela [a balsa] acaba tomando um espaço muito grande, deixando pessoas idosas, gestantes, crianças, qualquer pessoa com dificuldades para embarcar e desembarcar seus produtos”.
O período de chuva e enchente dos rios também é outra preocupação do Vereador, que já prevê novos problemas. “A preocupação dos ribeirinhos da Região do Lago Grande é essa. Como é que vão atracar essas embarcações no período de enchente? O que pedimos é que o poder público possa resolver isso o mais rápido possível. Se vai ter uma balsa; outro local, o que vão fazer, tem que agilizar”, finalizou Didi Feleol.

Fonte: RG 15/O Impacto e CMS

BBB divulga lista de participantes da 17ª edição

BBB divulga lista de participantes da 17ª edição (Foto: )
A lista de participantes do “BBB 17” está sendo divulgada nesta quarta-feira (18), durante os intervalos de programação da Globo. Confira!
Vivian Amorim
A primeira a ser apresentada foi a manauara Vivian Amorim, de 23 anos, que começou a carreira de modelo aos 15 anos e logo descobriu sua paixão pelos concursos de beleza.
Em 2012, Vivian foi eleita Miss Amazonas. A participante confessou que, para levar o prêmio de R$ 1,5 milhão, está disposta a jogar “de verdade”, sozinha ou em grupo, mas garante que seu jogo será “limpo”.
Rômulo Neves
O segundo participante apresentado se definiu como uma pessoa “paciente e também transparente”. O diplomata de 39 anos afirmou que sua maior motivação para entrar no programa foi para testar seus limites.
Em entrevista, ele garantiu que irá lutar pelo prêmio de R$ 1,5 milhão até ”o ponto que sua dignidade e seus valores permitirem”.
Pedro Falcão
A terceira pessoa anunciada foi o jornalista paulistano e especialista em vídeo games. O novo BBB também acredita que sua experiência em games pode ajudá-lo no reality.
“Eu tenho vasto conhecimento de jogos e dinâmicas e sei usar esses anos de prática em boas estratégias”, explica.
Roberta Freitas
A segunda mulher da casa já chegou com tudo. Aos 21 anos, a estudante de serviço social prometeu entrar no reality para quebrar alguns padrões de beleza.
Sem medo de preconceitos e assumidamente mimada, a sister revelou que tem dificuldade de aceitar críticas. “Já fiz muito barraco por ciúme. Eu quebro o pau mesmo”, confidenciou. 
Mayara Motti
A quinta participante a ser anunciada trabalha como modelo e é bacharel em direito. Mayara revelou que já está costumada a morar sozinha e que dividir a casa com outros participantes não será uma tarefa fácil.
A sister acredita que seu condicionamento físico pode ajudar nas provas. “Minha resistência é muito boa, terei facilidade”.
Marinalva de Almeida
A sister não é tão anônima assim. Ela disputou a Paralimpíada 2016 na categoria Vela Adaptada já participou de programas de TV contando sua história de superação. A paranaense sofreu acidente quando tinha 15 anos e dirigia uma moto.
Marinalva tem 39 anos, é mãe de três filhos e atualmente está namorando. “Não me envolveria com ninguém dentro da casa. Já estou apaixonada”, contou.
Marcos Harter
O gaúcho e cirurgião plástico tem 37 anos e já avisou que pretende ser jogador. “Ser feliz é só dinheiro? Não, não é! Mas é claro que o dinheiro é importante para mim”, disse.
Luiz Felipe
O oitavo participante a entrar na casa tem 28 anos e é comerciante. O também modelo e Mister Alagoas 2013 se considera um “nerd não aparente”.
Luiz Felipe acredita que o reality irá impulsionar sua carreira, mas prefere não fazer tantos planos. Para quem gosta de shippar casais, o brother afirmou que não descarta a possibilidade de se relacionar com alguém. “Se apaixonar é um sentimento que não escolhemos”, disse.
Ilmar Renato
O paulista é advogado e militante a favor dos Direitos Humanos. Ilmar Renato tem 38 anos, é divorciado e na web sempre posta fotos ao lado do filho adolescente.
Ilmar disse acreditar nas relações afetivas “desde que sejam verdadeiras. Ele se define como “democrático”, conciliador, interativo, expansionista e comunicativo, além de apostar no talento culinário para se integrar na casa.
O 'BBB17' estreia nesta segunda-feira (23), com apresentação de Tiago Leifert.
Mais informações em instantes
(Com informações do Ego)

Forças Armadas já podem atuar em presídios

O governo federal publicou na edição desta quarta-feira (18) do Diário Oficial da União o decreto que permite a atuação das Forças Armadas nos presídios para fazer inspeção de materiais considerados proibidos e reforçar a segurança nas unidades.
O texto segue a linha do anúncio feito ontem depois de reunião entre o presidente Michel Temer e autoridades de todos os órgãos de segurança e instituições militares do governo federal para discutir estratégias de segurança pública.
Segundo o governo, é preciso que os estados concordem com o trabalho dos militares enviados pelo Ministério da Dfesa, mas a segurança interna continua sob responsabilidade dos agentes penitenciários e policiais. Entre as formas de atuação das forças armadas estão inspeções rotineiras nos presídios com vistas a detecção e apreensão de materiais proibidos naquelas instalações.
A agenda de reuniões entre autoridades de segurança estaduais e federais se intensificou depois do agravamento da crise do sistema penitenciário, que desde janeiro já provocou pelo menos 119 mortes em Manaus (AM), Boa Vista (RR) e Nísia Floresta (RN).
A cooperação entre os entes locais e federais no combate ao crime organizado e na modernização dos presídios é um dos alvos do Plano Nacional de Segurança, lançado pelo governo federal há dez dias.
Uma reunião com todos os governadores do país para discutir a implementação do plano estava marcada para hoje, mas foi cancelada pelo governo federal, que anunciou que deverá agendar reuniões com algumas regionais. A primeira deverá ocorrer ainda hoje, com os governadores da Região Norte, do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

(Com informações da Agência Brasil e Folhapress)

Chuva provoca alagamentos no Residencial Salvação; assista vídeo feito por moradores

A enxurrada provocada pela água da chuva que iniciou em Santarém no noite de terça-feira(17) e se estendeu por toda a madrugada desta quarta-feira(18) resultou em diversos pontos de alagamentos no Residencial Salvação. Calçadas e residências ficaram submersas, deixando os moradores preocupados e indignados. Segundo informações, a situação ficou caótica nas vias localizadas na região mais baixa do conjunto habitacional.
Nas áreas atingidas pelos alagamentos, foi possível observar que o sistema de captação de águas pluviais não estão apropriados. Bueiros transbordaram e parte da pavimentação asfáltica  foi levado junto com a enxurrada. Nas casas, os moradores se esforçavam para evitar que seus móveis e eletrodomésticos fosse atingidos. Assista o vídeo:
Tocador de vídeo
00:00
00:36