Postagem em destaque

Helder deve ser julgado nesta quinta-feira pelo TRE

Ministro é acusado de abuso de uso indevido dos meios de comunicação O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB), dever...

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

MISTÉRIO NO ROUBO DE DRAGA NO TAPAJÓS

Modelo da "Draga" que sofreu o suposto roubo
Ainda é um ministério o desaparecimento do piloto de voadeira ADEMAR ALVES DO CARMO, 58 anos, residente na 8ª Travessa do Bairro da Liberdade, na cidade de Itaituba. Na tarde de ontem, dia 8, por volta das 16 horas, o piloto ADEMAR estava em sua voadeira denominada DONA JULIA no porto do Buburé. De repente chegou o dono de uma draga que embarcou no barco acompanhado de três homens.

Outros homens, que estavam de carro, seguiram a viagem para o ramal que dá acesso ao porto conhecido por Porto da Dona Léia. O três fretaram a voadeira para subir o Rio Tapajós até uma balsa, que supostamente é a balsa do outro passageiro que acredita-se que estava como refém dos bandidos. Sairam do porto do Buburé subindo o Tapajós rumo as dragas (balsas). Quando atracaram na balsa, o piloto Ademar e o dono da balsa já não estavam mais na voadeira. Chegando na balsa (dragas) os bandidos renderam o gerente, fizeram o mesmo abrir o cofre e levaram um quilo de ouro e a quantia de R$ 6.000,00 em dinheiro. De La seguiram na voadeira rumo ao porto da Dona Leia, onde estavam os outros comparsas. A voadeira foi encontrada nesta manha, dia 9, abandonada no porto conhecido por Porto da Dona Léia, Os bandidos haviam raspado o nome da embarcação e no interior do barco havia manchas de sangue. O gerente, que ainda não sabemos seu nome, foi encontrado amarrado no ramal. Homens da Policia Militar e Corpo de Bombeiro estão na área procurando os desaparecidos e os bandidos. Há suspeita que os bandidos tenham morto o piloto da voadeira  e o dono da draga. Porém, nada ainda está confirmado.
Reações:

1 comentários:

celso barrozo itb disse...

Ja foi encontrado o piloto q tava desaparecido.