terça-feira, 3 de junho de 2014

Absurdo e imoral: Chefe da Agência da Sefa em Itaituba sai de férias e deixa órgão fechado!

Dois funcionários da Secretaria de Estado da Fazenda do Pará (Sefa) foram surpreendidos na manhã desta segunda-feira, dia 02, quando chegaram para trabalhar no prédio do órgão, localizado na Avenida São José, na Vila Caçula, em Itaituba, Oeste do Pará.


Os funcionários afirmam que o prédio estava fechado e com os cadeados trocados, por conta do chefe da agência de Itaituba, Arnaldo Botelho, ter saído de férias, viajado para Santarém e trancado tudo. De acordo com o contador Ademir Fernandes Gouveia, o chefe da Sefa levou a chave que abre as portas do órgão, deixando outros dois funcionários que trabalham no local, bem como os empresários de Itaituba e de outros municípios que realizam serviço na agência do Tapajós, sem saber o que fazer. Além da classe de contadores, que trabalham diretamente com o órgão.

“A repartição estava fechada e com os cadeados trocados. Muitos contribuintes que foram na repartição deram com a ‘cara na parede’ porque não conseguiram atendimento”, denuncia Ademir Gouveia.

Segundo ele, os funcionários tentaram contato com a subdelegada da Sefa em Santarém, Almiralva Maria de Sousa Silva, a qual disse que não podia fazer nada. O contador Ademir Gouveia ressalta que a subdelegada Almiralva disse, também, que as portas fechadas da Sefa de Itaituba era problema do coordenar Pedro Sena.

“O Corregedor da Sefa em Belém, Carlos Queiros, falou que é normal isso acontecer, porque ‘chefe é chefe’ e tem poder e, que não poderia fazer nada. Porém, Carlos Queiroz garantiu que teria uma reunião com o secretario da Fazenda do Estado do Pará ainda na tarde de segunda-feira, em Belém, para tomar uma solução para o problema”, revela Ademir Gouveia, acrescentando que muitas pessoas procuraram vários serviços, como processos para protocolar, guia para tirar, além da emissão de nota fiscal para a Secretaria de Educação de Itaituba e não foram atendidos.

Além de Itaituba, a Agência Sefa do Tapajós atende outros municípios, como Rurópolis, Aveiro e Jacareacanga, bem como o Distrito de Moraes Almeida.

Fonte: RG 15/O Impacto

Reações:

2 comentários:

Alexandre Nascimento disse...

Ta faltando funcionários ... to sabendo que tem uma grande quantidade de fiscais e auditores concursados já aprovados aguardando a nomeação...

Alexandre Nascimento disse...

Isso é falta de funcionários.. to sabendo que tem uma grande quantidade de fiscais e auditores concursados aprovados só aguardando a nomeação ......... demorou ...