sábado, 28 de setembro de 2013

Norte Energia importa tecnologia da Inglaterra para montagem dos reservatórios de água em Altamira

Reservatórios de água

Ação prevista no PBA da usina hidrelétrica Belo Monte, o projeto de saneamento é uma novidade para a região

As ações do Sistema de Distribuição de Água e Tratamento de Esgoto de Altamira e Vitória do Xingu estão a todo vapor. Desde o início das atividades, em junho deste ano, a empresa executora da obra mantém 26 frentes de trabalho e já concluiu 20% das obras que irão garantir 100% de água potável encanada, esgoto tratado e resíduos sólidos com destinação correta. Ação prevista no Projeto Básico Ambiental (PBA) da usina hidrelétrica Belo Monte, o projeto de saneamento é uma novidade para a região.
Um diferencial do projeto executado pela Norte Energia em Altamira são os oito reservatórios construídos com capacidade de armazenamento de até cinco mil litros de água tratada. Para agilizar o processo de construção dos tanques, a empresa está importando da Inglaterra tanques em aço com revestimento vitrificado, altamente resistentes e com tecnologia inovadora no Brasil, diferentemente dos modelos habituais, construídos em concreto armado, que demandam grande tempo de execução e necessitam de manutenções constantes com infiltrações.
Utilizado com bastante êxito nos mercados de agricultura, a partir do início da década de 70, a mesma tecnologia utilizada nos tanques de aço foi introduzida no armazenamento de outros líquidos, focando nos sistemas de abastecimento de água potável. Tecnologia de ponta ao alcance dos moradores de Altamira.
Na zona urbana de Altamira o trabalho está intenso e a previsão de conclusão de todas as atividades, que inclui a instalação das tubulações do sistema de distribuição de água, as tubulações do tratamento de esgoto, a construção da estação elevatória (esgoto) e os oito reservatórios de água, é até julho de 2014. Até lá, o trabalho segue nos bairros Mutirão, Bela Vista, Ibiza, Jardim Independente I e II, Esplanada do Xingu, Santa Ana, Mirante, Premem, Nova Altamira, Boa Esperança, Colina, Jardim Oriente e Don Lorenzo.
Mudança
Os municípios da área de influencia direta e indireta do empreendimento não possuem tratamento adequado dos resíduos sólidos, a maior parte das cidades depende de poços artesianos para o abastecimento de água, e fossas – a maioria irregulares -, para o descarte dos efluentes. Com o avanço das obras em Altamira e Vitória do Xingu, problemas históricos começam a ficar no passado, garantindo saúde e mais qualidade de vida para essas populações.
Fonte:RG 15/O Impacto e Karina Pinto

Nenhum comentário: