quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Nota de Esclarecimento - OAB não paga por informações de criminosos

OAB informa que não anunciou e nem pagará qualquer recompensa a quem repassar informações sobre o paradeiro do assassino da advogada Leda Marta, sua filha e de sua secretária.

A Ordem esclarece que não paga por informações de criminosos, pois entende que quem vende este tipo de informação é tão criminoso quanto o procurado. Por isso, a instituição acredita que é dever da polícia agir para capturar o acusado. E qualquer cidadão que esteja dando fuga ou proteção ao procurado deve ser preso junto com ele, inclusive para verificar a coautoria.
O Delegado Geral da Polícia Civil do Pará, Rilmar Firmino, reforçou o contingente de pessoal e equipamentos. O grupamento aéreo já atua na caçada ao assassino, além da equipe do delegado Raimundo Benassuly, auxiliando os delegados Sílvio Birro e Jardel Guimarães.
O cerco se fecha e esperamos que o acusado seja capturado a qualquer momento!

Fonte: OAB Pará

Nenhum comentário: