quarta-feira, 26 de março de 2014

Buscas em Jacareacanga, Por Walter Tertulino!

PASSAGEIROS DO DESESPERO - MISTÉRIO E AGONIA

INFORMAÇÃO ATUALIZADA
abaixo da presente postagem
26.03.2014
 11h29'
Jacareacanga - Mais um dia de sofrimento e buscas, já é o nono!  Mais um dia  que esperanças tentam ser renovadas, nos esforçamos para essa renovação; apesar do pessimismo que se aproxima; é incrível como todos acreditam que o avião com osPASSAGEIROS DO DESESPERO, serão encontrados, e todos com vida.

Atualizado...07h43' - Jacareacanga amanhece envolvida em uma densa neblina, e tudo é silencio. Praticamente poderia se dizer que a cidade ainda descansa, já que seu povo insone, passa todo tempo tentando compreender o  mistério do desaparecimento do Avião da Jotan e seus ocupantes.

Atualizado... 10h21' - Aparece o sol dissipando a neblina que pairava sobre Jacareacanga, existindo muitas nuvens carregadas... um monomotor decola, outros aviões permanecem na base. - Me ligam insistindo em quererem saber o resultado da quebra do sigilo telefônico da passageira que mandou mensagens para seu tio e respondo que infelizmente a evolução desse assunto encontra-se somente com familiares do Luiz Feltim, que lutam contra a burocracia institucionalizada das operadoras mesmo a quebra do sigilo sendo autorizada por um magistrado. -  Informações oficiais do resultado das missões de busca e resgate de ontem que deveriam ser dadas pelo comando de busca não se sabe, eles não divulgam, obrigando-nos a não repassar ao mundo a realidade dos fatos...  - Outro monomotor decola neste instante... estão fazendo buscas...

Atualizado... 10h44' - Helicóptero decola, faz breve voo e retorna à base.

Atualizado... 10h45' - Transcrevo depoimento de Nonato Silva que incursionou na região do Mutum n ontem vejam: Nonato Silva Caro Walter Azevedo Tertulino ontem completaram oito dias. Ao sairmos logo cedo ás 6 da manhã, a nossa fé e força estavam renovadas. As orações e pensamentos positivos de milhares de pessoas nos dão essa força. Vasculhamos a área do igarapé Mutum conforme o ponto pré determinado. Vasculhamos igapós e montanhas. Estávamos em quatro embarcações num total de quase 50 pessoas. Nossos irmãos indígenas levaram duas pequenas canoas. Fizemos buscas por terra e água, mas infelizmente não os encontramos. Ficamos mais umas vez decepcionados e frustrados, mas cansados NÃO. A equipe de voluntários está aguardando uma nova orientação para fazermos mais uma incursão. O cansaço nos assola, mas a fé e a esperança nos revigora a cada amanhecer. Vamos com certeza encontrá-los.

Atualizado... 11h29' - Helicoptero em operação decola - nao ha movimentação de pessoas no aeroporto como nos dias anteriores
Reações:

0 comentários: