sábado, 12 de abril de 2014

Homem é estuprado por 20 pessoas, após estuprar enteado

Homem é estuprado por 20 pessoas, após estuprar enteado
Um caso de um padrasto que estuprou o enteado de 1 ano e 8 meses, que aconteceu no fim de março, deixou a população de Brasília indignada. O professor de jiu-jitsu Daryell Dickson Menezes Xavier, espancou e estuprou o enteado no fim de março, em Taguatinga, cidade satélite de Brasília.
No dia 1º de abril, o estuprador se apresentou com advogados à polícia, foi ouvido e está cumprindo prisão temporária de 30 dias.
Fotos divulgadas mostram o autor sendo medicado, após ter sido estuprado e, segundo informações, ainda com pontos no ânus, ele foi abusado de novo na cadeia por presos revoltados com ele.
Na delegacia, Daryell disse a ex-esposa que estava possuído pelo demônio quando isso aconteceu. Apesar de ele ter falado isso e agentes terem ouvido, não pôde ser acrescentado ao depoimento. Segundo informações policiais, na cela onde estava ele disse ser professor de jiu jitsu e que, se caso alguém fizesse graça, "poderia se dar muito mal".
Ele foi agredido sexualmente por 20 detentos.

Nenhum comentário: