domingo, 9 de novembro de 2014

Alunos fazem último dia do Enem; publicidade infantil é tema da redação!

Domingo (9), Salvador - Amigos, Bruno Nascimento e Anna Vilarosa fazem prova na mesma escola (Foto: Alan Tiago/G1)

'Odiei o tema', diz candidata em Salvador sobre redação do Enem

Ela fez prova no mesmo lugar de amigo, na Faculdade de Filosofia, UFBA.
Eva disse que 'não' olhou para a prova de matemática e ele para português.

Amigos desde a quinta série, Bruno Nascimento e Anna Villarosa, de 18 anos, foram juntos ao local de provas, na Faculdade de Filosofia da UFBA, em Salvador, neste domingo (9). Ele quer engenharia civil e, ela, jornalismo. Os dois consideraram a prova cansativa, comparada à de sábado (8). "Matemática quase eu não olhei", disse Anne. "Eu fui o contrário, português quase não olhei", afirmou Bruno. O tema da redação, publicidade infantil, foi alvo de queixa de Anna. "Odiei o tema. Os professores não falaram disso no cursinho", afirmou.
Domingo (9), Salvador - Eva Menezes diz ter ficado sem paciência para a prova e deixou local com 2h30 (Foto: Alan Tiago/G1) 
Eva Menezes diz ter ficado sem paciência para a
prova (Foto: Alan Tiago/G1)
TPM
"Saí logo porque estava sem paciência. Estou de TPM", disse Eva Menezes, 26 anos, que concluiu a maratona de provas em duas horas e meia, neste domingo (9). Ela afirma que já tentou o Enem "diversas vezes", mas, a maioria, com o objetivo de testar conteúdo. Agora, ele pretende entrar no curso de nutrição. "Essa é a primeira vez que faço para entrar em um curso", afirma.
Menezes, que também estuda logística, começou a prova logo pela parte da redação. Apesar de ter se surpreendido com o tema, considera ter tido bom desempenho. "A gente esperava tema mais atual e o tema que caiu é antigo", acredita. "Português fui bem. Matemática foi no chutômetro", retrata.
Domingo (9), Salvador - Aos 69 anos, o contador João Carlos faz Enem pela primeira vez (Foto: Alan Tiago/G1) 
Aos 69 anos, o contador João Carlos faz Enem pela
primeira vez (Foto: Alan Tiago/G1)
Motivação
João Carlos Ferreira, 69 anos, formado já há 30 anos em contabilidade, encara pela primeira vez provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). "Estou me aposentando, não tenho nada a fazer, vou voltar a estudar", afirma. A meta é o curso de agronomia da UFBA e, para isso, está disposto a até se mudar de Salvador para Cruz das Almas, onde é oferecido, relata.
Casado e pai de dois filhos, João Carlos comenta que se deu bem no primeiro dia de provas e, neste domingo (9), aponta matemática e português como desafios. Quanto à redação, afirma estar tranquilo. "Não sei o tema, não estou preocupado", relata. No ano de 2007, ele tentou o vestibular a UFBA para o curso de administração, mas não se classificou.
Domingo (9), Salvador - Bianca de Pádua faz Enem pela quarta vez (Foto: Alan Tiago/G1) 
Domingo (9), Salvador - Bianca de Pádua faz Enem
pela quarta vez (Foto: Alan Tiago/G1)
Determinação
A estudante Bianca de Pádua, de 17 anos, faz a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pela quarta vez com sonho de se tornar médica. Natural de Calculé, no interior da Bahia, mora em Salvador há seis anos e fez também cursinho, além do ensino médio, para encarar o exame.
Neste domingo (9), segundo dia de provas, a expectativa é a redação. Ela chuta temas possíveis, a exemplo da crise hídrica em São Paulo e demarcação de terras indígenas. "Estou confiante, mas com medo. Não sei qual vai ser o tema. É imprevisível", afirma.
Guia do Enem 2014 (Foto: Editoria de Arte/G1)
Ansiedade
Ansiosa para não perder o horário, a candidata Célia Pereira adiantou o passo, pegou dois ônibus e um táxi, e chegou na Faculdade de Filosofia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador, bem antes da abertura dos portões, que ocorre às 11h (horário local) deste domingo (9), segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Do bairro São Cristóvão até a Federação, o percurso levou cerca de 45 minutos. "Para garantir, cheguei antes. Melhor do que encontrar os portões fechados", afirma. Ela estuda gestão de recursos humanos e, com a pontuação do Enem, pretende se inscrever no curso de fisioterapia da UFBA. "Espero hoje fazer melhor prova. Ontem, química e física estavam difíceis por conta dos cálculos. Espero que o tema da redação seja legal", comenta.
Segundo dia
Neste domingo, o Enem terá provas de matemática, e linguagens e códigos, com 45 questões cada, e uma prova de redação. A edição de 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) termina com uma maratona de até cinco horas de duração e três provas. Os mais de 8,7 milhões de inscritos deverão voltar aos mesmos locais de prova do sábado (8).
No segundo dia do Enem, o G1 segue com a cobertura especial para as provas. Pela manhã, a cobertura em tempo real trará informações, fotos e vídeos da entrada dos candidatos nos locais de prova. Repórteres espalhados nos locais de provas de todos os estados e do Distrito Federal vão trazer desde cedo as expectativas dos candidatos antes e a opinião deles na saída do Enem.
No sábado, as provas de ciências humanas e ciências da natureza tiveram questões com o livro "O Pequeno Príncipe", tirinha do personagem Cebolinha, da Turma da Mônica, e parte da obra "Escola de Atenas", do artista Rafael Sanzio (1483 – 1520).
Reações:

0 comentários: