quarta-feira, 18 de março de 2015

BEIJO GAY NO PRIMEIRO CAPÍTULO DA NOVELA BABILÔNIA CAUSA ALVOROÇO NAS REDES SOCIAIS.

Estela (Nathalia Timberg) e Teresa (Fernanda Montenegro) se beijam no primeiro
 capítulo de “Babilônia”

“Tenho certeza de que pessoas como Estela e eu ainda vamos mudar a sociedade”. Se a “profecia” irá se realizar, ainda não sabemos. Mas a frase, dita por Teresa (Fernanda Montenegro) numa cena de “Babilônia”, novela das nove que estreou hoje (16), revela muito sobre a personagem.

Foi uma cena singela entre Teresa (Fernanda Montenegro) e Estela (Nathalia Timberg) que marcou o primeiro beijo gay de “Babilônia”, nesta segunda-feira (16) com a naturalidade ressaltada por autores, elenco e direção da novela, desde antes da estreia.

Ao chegar em casa, Estela comenta com a mulher, com quem está casada há 35 anos, que ela já passou da idade de trabalhar demais. “Adoro advogar. Vou morrer advogando”, comenta Teresa. Em seguida, a primeira divide sua preocupação com a filha, Beatriz (Gloria Pires), que está de volta ao Brasil após um escândalo envolvendo seu escritório de arquitetura em Portugal.

Falida e com a reputação arranhada após um prédio projetado por ela desabar, ela afirma inocência e culpa a empreitara. Estela se mostra aflita com a situação, e Teresa a conforta. “Estou sempre do seu lado”, diz ela, antes do carinhoso beijo na companheira.

“É um beijo de duas mulheres que estão casadas há 35 anos, e foi escrito no primeiro capítulo justamente para quebrar com a expectativa, para não ficarem perguntando: ‘Vai ter beijo?’ A gente vai mostrar uma relação muito legal, é natural que tenha beijo. O público está totalmente pronto pra isso. Não há necessidade de chupão nem cena de cama, até porque não teria a ver com as personagens”, afirmou Ricardo Linhares em entrevista ao site da revista Época.

No Twitter, o público mostrou aprovar a cena. “Dez minutos de novela e já teve beijo gay?”, surpreendeu-se um internauta. “São fofas, gente”, afirmou outro telespectador. “Salve Divas Fernanda Montenegro & Nathalia Timberg”, apontou outro. Teve ainda quem se lembre da possível polêmica com a parcela mais conservadora do público: “Menos de 10 minutos de #Babilonia e a tradicional familia brasileira já está jogada aos pés da igreja implorando para a novela acabar”.

Em relação aos futuros espectadores preconceituosos João Ximenes manda um recado, direto e reto: “Vai ter gay na novela nova. Vai ter gay, muito gay. Mas relaxa, também vai ter muito imbecil retrógrado homofóbico. Sorria, você vai se sentir representado”.

Nenhum comentário: