Postagem em destaque

Helder deve ser julgado nesta quinta-feira pelo TRE

Ministro é acusado de abuso de uso indevido dos meios de comunicação O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB), dever...

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Polícia prende personal trainer acusado de matar universitária de Óbidos

personal trainer Antonio Eduardo Souza Nascimento (foto), 21 anos

A Polícia Civil prendeu em flagrante, hoje de manhã (21) o personal trainer Antonio Eduardo Souza Nascimento, 21 anos, que confessou o assassinato da universitária Ingred Kassia da Costa Tavares Israel, 28 anos, encontrada morta em casa, na Cidade Nova. A informação é da Agência Pará.

Ele foi preso em casa, na travessa WE-60, do conjunto Guajará, em Ananindeua, região metropolitana de Belém. Com ele, a faca usada para matar a vítima foi apreendida.
O acusado alega que matou para se defender. O crime tem motivação passional. A prisão do acusado foi coordenada pela equipe da Divisão de Homicídios.
Segundo o delegado Dauriedson Bentes, as investigações não cessaram após o crime. A partir de informações obtidas durante o trabalho investigativo, a equipe de policiais civis conseguiu chegar ao paradeiro do acusado.
As informações levantadas são de que o autor do crime era pessoa conhecida da vítima. Antonio Eduardo, após o crime, procurou atendimento médico na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Cidade Nova, onde levou quatro pontos, pois teve uma das mãos cortada com um golpe de faca. Depois, foi para a casa da família, onde acabou preso.
Em depoimento ao delegado, o preso admitiu ter morto a universitária, mas afirma que agiu em legítima defesa.
Segundo ele, a vítima o teria convidado para manter relações sexuais, no fim de semana, mas o encontro apenas teria ocorrido na segunda-feira. Ele afirma que, enquanto estavam juntos na casa da vítima, teria havido uma discussão. Em seguida, segundo a versão do acusado, a vítima pegou uma faca de cozinha e depois uma tesoura, e chegou a feri-lo na mão.
Antonio Eduardo alega que, durante a briga, a vítima escorregou e caiu. Foi então que ele pegou a faca no chão e passou a esfaqueá-la. Antonio negou ter roubado qualquer objeto de valor da vítima, afirmando que apenas levou a faca usada no crime. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio e ficará recolhido em uma unidade do Sistema Penitenciário do Pará à disposição da justiça.
Reações:

0 comentários: