quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Garimpeiros devem ser retirados da 'Nova Serra Pelada' nesta terça em MT

Os garimpeiros que atuam ilegalmente na Serra da Borda, a 20 km de Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá, devem ser retirados do local ainda nesta terça-feira (20). A região, já chamada de "Nova Serra Pelada", tem atraído garimpeiros profissionais e ocasionais há mais de dois meses à procura de jazidas de ouro. Pelo menos cinco mil pessoas circularam pelo local desde a descoberta do ouro.
A desocupação, ainda sem horário previsto, deve ser feita pelas polícias Federal, Militar e Rodoviária Federal. A Polícia Federal informou através de nota que irá coordenar a operação de retirada e que abriu inquérito para apurar o caso.
No final da tarde desta segunda-feira (19)ocorreu um desmoronamento de uma galeria aberta para a extração de ouro. Pelo menos seis pessoas foram soterradas. No entanto, cinco deram entrada na Santa Casa da cidade e liberadas no final da noite apenas com ferimentos leves.
A unidade de saúde informou que apenas um dos garimpeiros teve um ferimento no braço esquerdo, considerado mais sério.
A Justiça Federal determinou na última sexta-feira (16) o fechamento do garimpo devido à ausência de autorização por parte do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).
Na decisão, o juiz federal Francisco Antônio de Moura determinou a retirada, com prudência, de todas as pessoas que se encontram no local – entre elas crianças, mulheres e idosos –, a proibição de ingresso de novas pessoas na área e a apreensão de todo o ouro já extraído irregularmente do local, bem como de todos os equipamentos, maquinários e instrumentos utilizados para a extração e lavra do minério.
O governador de Mato Grosso, Pedro Taques, informou nesta terça-feira que solicitou a atuação das Forças Armadas, da Força Nacional de Segurança Pública, no cumprimento da decisão judicial no garimpo.
O governo disse que enviou um ofício, no último dia 15 de outubro, à presidente Dilma Rousseff, ao ministro da Justiça José Eduardo Cardozo e ao juiz Francisco Antônio de Moura Junior.
Garimpeiros têm trabalhado na Serra da Borda
sem autorização. (Foto: Reprodução / TVCA)
Para o governador, o trabalho em conjunto dos órgãos estaduais e federais evitaria um esforço demasiado e concentrado da PM para o atendimento da medida judicial. Taques ainda lembrou que a operação deve ser prolongada – primeiro com a desocupação, seguindo com a manutenção/reintegração de posse.
O caso
A descoberta de jazidas de ouro entre as serras da Borda e Santa Bárbara começou a movimentar a região da cidade de Pontes e Lacerda nos últimos dois meses. Contudo, nos últimos 20 dias o volume de garimpeiros e 'aventureiros' chegando ao local se intensificou após notícias comparando o garimpo ao de Serra Pelada, no Pará.

Imagens de pepitas de ouro circularam pelas redes sociais e aplicativos de celulares, fomentando ainda mais a fama do garimpo. Segundo a própria Justiça Federal, cerca de cinco mil pessoas de vários estados estão na região em busca de ouro fácil.
Reações:

0 comentários: