quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Com o julgamento do TSE, situação do deputado Eraldo Pimenta se complica

A notícia não é boa para a região Oeste do Pará, que poderá perder um deputado estadual, dos poucos que tem.
Após de ter suas contas rejeitadas no inicio deste ano pelo TRE, relativas à eleição de 2014, o deputado recorreu ao TSE, onde em decisão monocrática a ministra Luciana Lóssio confirmou a decisão da corte eleitoral paraense.
O advogado do deputado recorreu, então, ao pleno do Tribunal Superior Eleitoral, que ontem julgou o recurso.
Por decisão unânime os juízes confirmaram as sentenças anteriores.
O blog não conseguiu contato com o deputado Eraldo Pimenta durante o dia de hoje, mas, o jornalista Weliton Lima conversou com ele e nos disse que Eraldo falou que está tranquilo, e que não acredita que vai perder o mandato.
Nossa reportagem conversou com o advogado e ex-deputado federal Dudimar Paxiúba a respeito do assunto.
Ele disse que ainda não tinha tomado conhecimento do resultado, mas, sendo essa a decisão do TSE, a parte interessada, no caso, o primeiro suplente, que é o petista Alfredo Costa deverá provocar o TRE para herdar a cadeira de Eraldo, que está a caminho de perder seu mandato, pois não cabe mais recurso da decisão.

Trata-se de uma notícia muito ruim para esta região, que já é tão pobre de representatividade na ALEPA, pois poucos são os deputados eleitos pelos municípios desta parte do estado do Pará e deve ficar ainda mais fraca politicamente.
Reações:

0 comentários: