quarta-feira, 27 de abril de 2016

Dono de barco quebra câmera da Band, em Santarém


De acordo com informação postada pela direção de jornalismo da TV RBA (Band), de Santarém, uma equipe de reportagem teve seu direito de trabalhar cerceado na manhã de hoje, culminando com a destruição de equipamento.

A seguir, o blog exibe o comunicado assinado pelo jornalista Carlos Silva, diretor de jornalismo.

COMUNICADO
infelizmente... A nossa equipe do plantão da manhã teve o seu direito de trabalho cerceado, ou seja impedido. Qdo o repórter Wilares Sousa o "Coruja", com o Cinegrafista Arielton Feitosa foram abordados de forma grosseira e truculenta pelo proprietário de uma embarcação no porto do Mapiri, no momento em que a equipe fazia uma reportagem sobre o corpo de um senhor encontrado no interior da Barco. 

O proprietário chamado Alessandro, tomou a câmera do Cinegrafista, quebrou e jogou no rio Tapajós. Imediatamente eu e o colega ed Portela fomos acionados pelo coruja, acionamos a PM e seguimos para o local. 


Encerramos o caso na seccional registrando um BO e o causador do prejuízo se comprometeu em comprar outra câmera e pediu desculpas pelo incidente. 


Que isso sirva de lição para algumas pessoas truculentas que encontramos no nosso dia a dia em busca de notícias pela cidade e que pensam que podem nos agredir sem que nada aconteça. 


Somos o 4°Poder, e não podemos deixar que isso se rep ita.


Agradeço as equipes das emissoras de TV que estiveram no local: TV TAPAJÓS, TV GUARANY e TV AMAZÔNIA. 


obrigado,juntos somos mais fortes. 


CARLOS SILVA-Ger. De jornalismo da RBATV
Reações:

0 comentários: