quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Indígenas ocupam prédio da Sespa em Belém

Motivo é a implantação e manutenção ou não de políticas públicas do Governo para reservas indígenas

Indígenas de várias etnias ocupam o prédio da Secretaria Estado de Saúde, na avenida Conselheiro Furtado, em Belém, há dias. Segundo um dos líderes do movimento, Kapara’i Teko Haw, o principal motivo da ocupação é o temor dos indígenas em relação à implantação e manutenção ou não de políticas públicas do Governo Federal para as reservas indígenas.
Cerca de 100 índios ocupam o local. Como vários deles revezam com outros, há momentos em que há mais manifestantes no local. De acordo com Kapara’i Teko Haw, que é da etnia Tembé, haveria a possibilidade de diminuição do poder de decisão da Fundação Nacional do Índio (Funai), que passaria para a esfera estadual e municipal, o que não agrada os índios. Ainda segundo Kapara’i, eles pedem maior apoio e investimento na saúde dos indígenas.
Já está marcado para a semana que vem, na quarta-feira (09) uma reunião com representantes da Funai e Secretaria de Saúde sobre o caso.
Atualmente estão na ocupação membros de etnias de Paragominas, Tomé-Açu, Santa Maria, Xingu, entre outras. Está prevista para os próximos dias a chegada de mais índios, originários do estado do Maranhão, para fortalecer o protesto.
A reportagem do DOL entrou em contato com a Secretaria de Estado de Saúde para saber que providências estão sendo tomadas sobre a ocupação.

Fonte: DOL
Reações:

0 comentários: