Postagem em destaque

Helder deve ser julgado nesta quinta-feira pelo TRE

Ministro é acusado de abuso de uso indevido dos meios de comunicação O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB), dever...

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Quadrilha rouba Banco do Brasil em Mocajuba

A agência foi assaltada no começo da tarde. Ainda não há informações sobre a quantia levada. (Foto: Via/WhatsApp)
Uma quadrilha assaltou no começo da tarde desta terça-feira (1°) uma agência do Banco do Brasil no município de Mocajuba, no nordeste paraense. Segundo a Polícia Civil, o bando chegou no local atirando e fez diversas pessoas reféns.
O caso ocorreu por volta das 13h30. Segundo os primeiros depoimentos de testemunhas, o bando era formado por sete a 10 homens, que chegaram na agência em dois carros. Uma parte da quadrilha entrou no banco, para saquear o dinheiro, enquanto a outra fez diversas pessoas reféns em frente ao estabelecimento.
Os supeitos chegaram na agência atirando contra o prédio. (Foto: via/WhatsApp)
Após o assalto, os suspeitos fizeram o gerente do local e dois vigilantes como reféns e fugiram em direção ao município de Breu Branco, no sudeste do Estado, onde entraram em uma área de mata. O bando chegou a trocar tiros com policiais militares, mas ninguém foi atingido. Os reféns foram liberados sem ferimentos.
Segundo testemunhas, os suspeitos chegaram a incendiar os carros utilizados na fuga.
Testemunhas afirmam que os carros utilizados na fuga foram incendiados. (Foto: Via/WhatsApp)
Equipes das Polícias Civil e Militar da cidade realizam as buscas pelos suspeitos, com apoio da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), do Grupamento Tático Operacional (GTO) e de um helicóptero do Grupamento Aéreo de Segurança Pública do Pará (Graesp).
Ainda não há informações sobre a quantia levada.
Este foi o terceiro assalto à banco registrado só nesta terça-feira. Em Tucuruí, um banco roubou um caixa eletrônico do Banco do Brasil, enquanto que em Castanhal, assaltantes tentaram roubar uma agência do Banpará após sequestrar parentes de uma funcionária do local, no crime conhecido como “sapatinho”.

(Com informações da Polícia Civil)
Reações:

0 comentários: