Postagem em destaque

Helder deve ser julgado nesta quinta-feira pelo TRE

Ministro é acusado de abuso de uso indevido dos meios de comunicação O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB), dever...

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Itaituba: Elementos suspeitos de participação na morte de Eliane Sousa são presos pela policia.

Depois de uma intensa investigação realizada pelos militares do reservado com apoio da Policia Civil, 04 elementos suspeitos de participação na morte da funcionaria da TV Tapajoara; Eliane Sousa, foram apresentados na delegacia de policia na manhã desta sexta feira, 02 de Dezembro.
O primeiro a ser detido pela policia foi um elemento identificado por “Chiquinho”, morador do Bairro da Liberdade, inclusive morava próximo à casa da avó de Eliane, também era amigo dela, esteve em seu velório com uma camisa em homenagem a mesma.
                                                          (Chiquinho)
“Chiquinho”: teria sido procurado por um elemento identificado por Weliton, individuo perigoso do mundo do crime, com várias passagens pela policia, irmão do finado Udson, que matou o “Joca” dos correios.  
Em uma conversa entre os dois; Weliton teria dito que tinha feito uma parada que estava dando uma grande repercussão na cidade; “Chiquinho” teria perguntado se era ele que tinha matado Eliane, a resposta de Weliton foi que (sim), mas alegou que o tiro foi acidental, e aproveitou para pedir apoio de “Chiquinho” para fugir da cidade o mais rápido possível, pois tinha medo de ser preso. Porem antes da fuga, que seria para Mato Grosso, “Chiquinho” que estava sendo monitorado foi detido, e contou em vídeo para a policia o que conversou com Weliton, disse que quem atirou em Eliane foi Weliton.
                                                             (Weliton)
De posse da informação a policia começou a monitorar; Weliton, e rapidamente fez uma incursão em sua casa, porem ele não foi encontrado, a policia descobriu que um elemento, identificado por “Jardelzinho”, que seria menor de idade e recém saído da FUNCAP deu fuga para Weliton e seu comparsa Vinicius. Seguindo os rastos dos elementos a policia conseguiu chegar ate “Jardelzinho” que delatou os possíveis lugares que Weliton poderia estar, porem mais uma vez ele não foi encontrado pela policia. 
                                                       (Jardelzinho)
Percebendo que não tinha como escapar da Policia, os elementos Weliton e Vinicius procuraram um advogado e se apresentaram na manhã de hoje na delegacia de policia, foram ouvidos em depoimento, negaram as acusações e em seguida foram liberados, porque não foram presos em flagrante, se apresentaram espontaneamente, e não tinha nenhum mandado de prisão contra os dois que seriam os autores do latrocínio. A informação mais contundente que se tem é que Weliton foi apontado por “Chiquinho” como sendo o carona da moto e o autor do tiro que matou Eliane Sousa. Agora a policia tenta descobrir quem era o piloto da mato; Vinicius ou Jardelzinho. A policia descobriu também que a dupla já estava seguindo Eliane e imaginavam que ela estava com dinheiro, então o assalto foi planejado. A moto usada para cometer o crime ainda não foi encontrada. 
 Fonte: Blog do Junior Ribeiro.
Reações:

0 comentários: