quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Três passageiros morrem em naufrágio no Rio Pará

Embarcação virou em Ponta de Pedras. Muitos passageiros estavam dormindo
Três pessoas morreram no naufrágio da embarcação ‘Luar C’, ocorrido na tarde desta quarta-feira (07), no Rio Pará, próximo a Ponta de Pedras, por conta da forte maresia. Órgãos de segurança fazem buscas na área e já resgataram seis pessoas com vida. Segundo a Capitania dos Portos, a embarcação transportava 30 pessoas. Algumas foram resgatadas pela embarcação ‘Expresso Salmista’, que estava passando no local na hora do acidente.
Em áudios enviados a familiares e amigos, passageiros das duas embarcações relatam o desespero no momento do naufrágio. A ‘Luar C’ tombou por volta das 16 horas, ainda próximo à Ponta de Pedras, momento em que muitos passageiros estavam dormindo. ‘Os três que foram socorridos porque estavam sendo arrastados pela maré mais longe dos outros, que estavam sendo socorridos por 3 barquinhos que estavam perto. Ninguém sabe se todo mundo conseguiu se salvar porque nem todo mundo conseguiu pegar colete, eles estavam brigando pelo colete. Como o barco ficou de lado tava difícil de sair e alguns estavam cochilando, já acordaram com o susto da água dentro do barco. Foi horrível, gente’, disse uma passageira da embarcação que socorreu alguns passageiros da ‘Luar C’.
Agentes de segurança do Corpo de Bombeiros de Belém, Barcarena e Abaetetuba, dos Grupamentos Fluvial e Aéreo, além da Companhia de Policiamento Militar, da Polícia Civil e do Centro de Pericias Científicas Renato Chaves atuam na operação de resgate às vítimas.
A Marinha também realiza buscas, com apoio do Navio Patrulha ‘Guanabara’ e duas lanchas da Capitania dos Portos, que foram enviados ao local do acidente, juntamente com o Corpo de Bombeiros Militar do Pará e uma aeronave da Polícia Militar. A Marinha também vai instaurar um inquérito administrativo para apurar as causas do acidente.
Para denunciar irregularidades em navegação basta entrar em contato com o Disque Segurança da Navegação: 0800-280-7200

Fonte: Redação ORM News
Reações:

0 comentários: