sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Caos em Rodovia – BR-163 Continua Intransitável no Trecho sem pavimentação

A situação na rodovia BR-163 entre as comunidades de Caracol e Aruri no Município de Trairão está piorando.
A chuva não dão trégua e a rodovia está intransitável, atoleiro complica a vida dos motoristas.
O trecho entre as duas comunidades está interrompido, caminhões estão parados na rodovia, o volume de caminhões aumenta a cada dia e ultrapassa os 40 km de um lado para outro.
Município de Trairão decretou situação de emergência. Comunidades estão isoladas e estudantes sem aula.
Ônibus que transporta passageiros de Novo Progresso para Santarém, não tem mais horário para saída e chegada.
Trecho da rodovia ainda não recebeu pavimentação e causa transtornos aos motoristas. Segundo  informações o DNIT está no local, mas o mau tempo impede que reparos sejam feitos.
Os buracos estão dificultando a vida dos motoristas neste trecho que fica perto da comunidade de Caracol no município de  Trairão.
Ônibus da Ouro e Prata atolado na BR-163.
Na tarde de ontem, o Jornal  Folha do Progresso  conversou via WhatsApp com o motorista Eduardo Gomes de 48 anos, “Gaúcho”  que nos informou da dificuldade que está passando parado na rodovia; com caminhão particular carregou soja na cidade de Sinop no estado do Mato Grosso no dia 09 de  Fevereiro, descarregou em Miritituba semana passada e está a cinco dias parado na rodovia sem poder trafegar, a família do motorista está em Sinop em casa alugada e a prestação do caminhão está vencida, se sente inútil por nada poder fazer, lamentou.
Caos
Com a rodovia intrafegável o abastecimento de alimentos e combustível para as comunidades e o Município  de Novo Progresso está comprometido.
O estoque de combustível na cidade está no fim, donos de postos estão preocupados com a reposição do estoque,  as cargas (caminhões) levam em torno de 8 até 15 dias para chegar, o gás de cozinha é outro produto que poderá faltar em Novo Progresso  caso a situação persista naquele local. A rodovia BR-163 é único acesso de Novo Progresso até o porto de Santarém.
 Situação nesta quarta-feira (22)
A informação que recebemos hoje é que choveu muito na região do Caracol e embora muitos já conseguiram sair do atoleiro, mas a quantidade de caminhões aumentou – a comunidade está tomada pelos motoristas que se aglomeram os caminhões a espera de uma solução, que só a estiagem pode resolve. A chuva não da trégua, a meteorologia aponta que teremos mais uns 15 dias de chuva na região, a tendência é agravar ainda mais a vida dos motoristas.



Da Redação Jornal Folha do Progresso
Reações:

0 comentários: